Criança “grita de dor” após passar protetor solar e mãe faz alerta

O caso aconteceu na Austrália, onde Elizabeth Woods ficou desesperada ao ver que o filho Harvey estava todo queimado por causa – isso mesmo! – do protetor solar. Ao portal News Au, ela ainda fez um apelo para que outros pais fiquem atentos

Resumo da Notícia

  • Mãe faz alerta para alergia do filho a protetor solar depois de vê-lo "gritar de dor"
  • O caso aconteceu na Austrália, onde Elizabeth Woods ficou desesperada ao ver que o filho Harvey estava todo queimado por causa - isso mesmo! - do protetor solar
  • Ao portal News Au, ela ainda fez um apelo para que outros pais fiquem atentos

Uma mãe na Austrália se assustou e emitiu um alerta para os pais depois que o filho de 2 anos de idade ficou “gritando de dor” com uma queimadura de protetor solar. Na Austrália, Elizabeth Woods admitiu que não esperava que um dia na praia com a família fosse terminar de maneira tão trágica.

-Publicidade-

Por lá, Elizabeth contou que Mitchell possui uma série de graves alergias. Por isso, é difícil encontrar substâncias e produtos que não agridam e façam mal ao filho – e não existe a possibilidade de deixar que ele fique exposto ao sol sem proteção.

O filho caçula da família, Harvey, também sofre do mesmo mal. Contudo, já estando preparada para a situação por causa do primogênito, Elizabeth admite que apenas supôs que os produtos pudessem ser usados para ambos os filhos – e se surpreendeu.

Ele fica cheio de queimaduras do produto
Ele fica cheio de queimaduras do produto (Foto: Reprodução/ News AU)

“Nós apenas assumimos que ele seria capaz de usar o mesmo que seu irmão, mas provavelmente passamos por cerca de nove ou 10 tipos diferentes. E porque não podemos compará-los todos uns com os outros – porque eles não estão listando tudo – não sabemos a que ele está reagindo”, esclarece ela.

A mãe ainda conta que provar marcas comuns de supermercados da Austrália pode fazer muito mal para as crianças – e que suas peles já ficaram tão vermelhas que chegaram a assustar. “Ele basicamente tem que usar mangas compridas e um grande chapéu de abas largas e tentamos minimizar a quantidade [de protetor solar] que colocamos nele porque é mais fácil do que colocar um produto nele ao qual ele possa reagir e depois ter que lidar com isso. — sabe, tem vezes que ele volta da creche ou quando tentamos um novo protetor solar e sua pele estava tão ruim que até hidratá-lo para tentar acalmá-lo doía”.

Elizabeth admitiu que se preocupa com a saúde dos filhos
Elizabeth admitiu que se preocupa com a saúde dos filhos (Foto: Reprodução/ NEWS Au)

Por causa disso, Elizabeth faz um apelo para que marcas deixem os ingredientes de seus produtos ainda mais expostos nas embalagens – e que pais sempre chequem que tipo de substância estão colocando na pele dos filhos.

“Você realmente seria capaz de identificar o que está dando a eles a reação. Considerando que, no momento, porque eles só precisam listar esses ingredientes ativos, não sei o que há nele”, finaliza ainda Elizabeth, sobre um único produto que parece funcionar melhor para as crianças.