Mãe faz campanha para conseguir wafles fora de linha para filho autista e marca tem atitude incrível

Por mais que esse problema pareça ser super fácil de resolver, Jerico, de 10 anos, tem problemas alimentares extremos, fazendo o que era fácil de solucionar, super difícil

Resumo da Notícia

  • Jenna Roman, mãe de Jerico, um menino autista de 10 anos, passou por um perrengue ao descobrir que uma marca de waffles havia parado de produzir a linha favorita do filho
  • Por mais que esse problema pareça ser super fácil de resolver, o garoto tem problemas alimentares extremos
  • A marca de waffles teve atitude exemplar ao saber sobre a situação familiar

Jenna Roman, mãe de Jerico, um menino autista de 10 anos, passou por um perrengue ao descobrir que uma marca de waffles havia parado de produzir a linha favorita do filho. Por mais que esse problema pareça ser super fácil de resolver, o garoto tem problemas alimentares extremos, fazendo o que era fácil de solucionar, super difícil.

-Publicidade-

A mulher comentou a fundo sobre os problemas alimentares do menino em entrevista ao CBS News, onde explicou que no ano passado o menino teve uma grande regressão e teve que voltar a aprender a como comer e beber. Mas para o azar da família a o waffle que o filho estava acostumado a comer parou de ser vendido. Depois de muito esforço, ele conseguiu se adaptar a outra marca, mas adivinha: ela também parou de vender o produto.

Jenna relembrou: “Fiquei tão aliviada que finalmente ele aceitou um novo tipo, já que eu estava quase sem o antigo. Também fiquei feliz por ser uma empresa que pensei ser local, então não teria que passar por tanto estresse novamente”. Mas o inesperado ocorreu e ela começou a fazer um tipo de “vaquinha” diferente.

A mãe fez uma vaquinha diferente para conseguir waffles ao filho autista (Foto: Getty Images)

Roman começou a pedir para lojas e pessoas que se sensibilizassem com a situação enviassem seus estoques do waffle. “Estou pedindo ajuda para encontrar e cobrir os custos dos waffles e de um freezer para armazená-los à medida que são congelados”, explicou.

Nesta primeira tentativa, diversos gerentes de lojas a ajudaram. O estoque pessoal do alimento cresceu tanto que ela precisou comprar dois freezers extras. “Estou apenas tentando alimentar meu filho, já passei por tantas coisas com ele apenas comendo, algo que seria simples para outras crianças, mas é um desafio extremamente difícil para ele”, apontou.

A marca de waffles acalmou o menino ao compartilhar receita idêntica a da marca com a mãe (Foto: iStock)

Jenna também entrou em contato com a marca produtora dos waffles, e eles se comprometeram a enviar o estoque que ainda tinham. E foram além! A marca desenvolveu uma receita para que a mamãe pudesse replicar em casa, e fez questão de fazer vários testes antes para ver se o resultado final ficaria igualzinho ao que era vendido.

Além disso, eles renovaram o estoque de Roman com ingredientes para produzir o waffle preferido de Jerico. “Bem, estou muito feliz em dizer que nossa incrível equipe de produtos foi capaz de adaptar nossa receita para uso doméstico — e nós entregamos a receita e todos os ingredientes para Jerico e sua mãe Jenna hoje. Bom apetite!”, disse Samantha Falk, diretora de comunicações da empresa.