;
Criança

Mães de gêmeos se juntam para fazer site sobre as diferenças de criar filhos múltiplos

A ideia surgiu de um grupo de WhatsApp

Rhaisa Trombini

Rhaisa Trombini ,Edileyne e Geraldo

Elisa, Vanessa e Thaís, idealizadoras do Me Two (Foto: Divulgação/ Me Two)

“Ter gêmeos é diferente”, disse Vanessa Rocha, mãe da Isabela e do Gabriel, uma das idealizadoras do Me Two, primeiro portal brasileiro especializado em múltiplos. Junto com Thaís Reali e Elisa Scheibe Marty, elas fazem conteúdo exclusivo para essas família sortudas com vários bebês ao mesmo tempo. Até porque, elas viveram na pele a gravidez de gêmeos e sofreram com a falta de informação sobre o assunto.

Para elas, o principal objetivo do portal é trazer acolhimento, pois as mulheres que estão grávidas de múltiplos tem medo, estão vulneráveis e não podiam encontrar experiências e informações necessárias. Elisa, mãe de Martin e do Franco, disse que, com o portal, as mães sabem o que esperar dessa gravidez diferente e não se sentem sozinhas.

O site, as redes sociais, tudo surgiu com um grupo de WhatsApp de 10 amigas mães de gêmeos. Esse grupo foi crescendo cada vez mais e tornou-se uma ideia gigante que precisava sair do papel. No Vale do Silício, um grande polo de empresas de tecnologia e inovação, Thaís, mãe de Nicholas e do Thomas, começou a desenvolver mais esse projeto, que ganhou segundo lugar em um concurso de start up, e teve apoio internacional para ser desenvolvido no Brasil.

Elisa, mãe de Martin e Franco, de 4 anos(Foto: Divulgação/ Me Two)

Elas querem acolher mães e família nos grupos e encontros, facilitando a vida delas trazendo benefícios e causas para lutar, como a #CampanhadoCarrinhoDuplo, uma iniciativa que surgiu quando elas perceberam a necessidade de mais carrinhos de supermercado duplos, para que as família de múltiplos possam fazer compras com mais tranquilidade.

Vanessa, que cuida dos grupos de WhatsApp, disse que as mães se manifestam todos os dias para agradecer o conteúdo inédito que elas produzem. Agora, várias mulheres fazem parte dessa comunidade contando suas próprias histórias e experiências. Thaís se sentia um “E.T.” logo que os gêmeos nasceram e foi com o grupo inicial que ela percebeu a importância do acolhimento. Lá, “elas se sentem à vontade para trazer as questões que têm sobre esse mundo.”

As 3 mães vão realizar um workshop nacional no dia 6 de abril em Gramado, Rio Grande do Sul, “para acalmar o coração” e mudar a visão das família de gêmeos e múltiplos sobre o que é de verdade ser mãe e pai de vários bebês! Segundo Thais, é diferente. “A relação deles é muito linda, de alma gêmea. Uma coisa importante é que a gente tem que dar dar atenção para as peculiaridades de cada um, por que eles são dois, mas também tem a dupla Nicolas e Tomás. Quem vive entende.”

Vanessa, mãe de Isabela e do Gabriel (Foto: Divulgação/ Me Two)

“Junto com uma mãe de gêmeos tem uma história para contar”, disse Elisa. Inclusive a delas! A mãe de Martin e Franco, de 4 anos, é a caçula de 4 irmãos e tem histórico de gêmeos dos dois lados da família. Ela se sentiu presenteada quando recebeu a notícia. Já Vanessa não tinha histórico, mas o marido sempre dizia que ela teria gêmeos. Hoje, Isabela e do Gabriel tem 5 anos e ela acha o máximo ser mãe de um casal! Thais realizou uma fertilização e de primeira vieram os gêmeos. Segundo ela, aconteceu por ela ser uma mulher prática, ter dois filho de uma vez. (risos) “Foi uma felicidade. A primeira pessoa que ficou sabendo depois do meu marido foi a Vanessa.” Nicholas e do Thomas têm três anos.

Para elas, não teve nenhum desafio ao criar e trabalhar com o Me Two. Segundo Thais, “é prazeroso trabalhar com algo que vive no dia a dia, você ajuda as pessoas e as pessoas te ajudam.” Além do blog e das redes, ela tem uma empresa paralela, Elisa é consultora na área de maternidade e Vanessa era farmacêutica oncológica. Tudo isso com 2 filhos gêmeos! Mulheres incríveis! 

Thaís, mãe de Nicholas e Thomas, de 3 anos (Foto: Divulgação/ Me Two)

E elas não param de ter ideias! Com a ajuda das embaixadoras, elas organizam encontros e workshop para que toda as mães compartilhem suas experiências e aprendam cada vez mais sobre o mundo múltiplo em que vivem. Além de trazer acolhimento, elas já estão pensando em futuras campanhas (spoiler: estacionamentos!) e em breve elas vão conseguir os resultados da pesquisa que fizeram em parceria com o Instituto de Psicologia/Painel USP de Gêmeos.

“O estudo pretende aprofundar o conhecimento sobre o relacionamento entre irmãos que nasceram de uma mesma gestação e suas reações frente a situações de separação. O objetivo é gerar mais informação e conhecimento através de vivências e observações dos pais.”

Quer conhecer mais sobre o portal, compartilhar sua história com seus gêmeos e múltiplos e ficar por dentro de conteúdo exclusivo e inédito sobre esse mundo? Conheça o Me Two! Tem site, Facebook, Instagram e Youtube!

O lançamento do site foi uma festa! (Foto: Divulgação/ Me Two)

Leia também: 

7 famosos que têm filhos gêmeos e você não sabia

Como assim? Barriga de aluguel dá à luz gêmeos de pais diferentes

Fernanda Lima entra para desafio e relembra foto com barrigão dos gêmeos