Menina cede medalha para deixar amigo que perdeu concurso menos triste

Laura Binder disse ao colega que todos sabiam que ele tinha dado o seu melhor

A estudante pediu que os demais colegas assinassem a faixa da medalha com o nome do amigos, Rafael. (Foto: reprodução / Instagram)

A menina Laura Binder, 10 anos, cursa o 6º ano do ensino fundamental no Colégio Everest Internacional, em Curitiba. Durante um concurso de oratória que ocorria na escola a menina conquistou a medalha de prata, mas notou que o colega que não tinha sido classificado estava muito triste, então cedeu a medalha ao garoto.

-Publicidade-

A estudante pediu que os demais colegas assinassem a faixa da medalha com o nome do amigos, Rafael. Em seguida ela entregou o “prêmio” e disse ao garoto que “todos sabiam que ele tinha dado o seu melhor”.

Os pais de Laura ficaram emocionados com o comportamento da filha (Foto: reprodução / Instagram)

Os pais de Laura o médico Gustavo Binder e a dentista Susane Binder ficaram emocionados com o comportamento da filha e explicaram que baseiam a educação da menina e da irmã, Júlia, 6 anos, nos princípios de conhecimento técnico e no caráter para se tornarem pessoas incríveis.

-Publicidade-

“Pessoas com caráter e com generosidade são mais felizes e ajudam outras pessoas a serem mais felizes”, comentou o pai. “A gente torce para fazer o melhor e que o resultado dessas atitudes formem adultos com um grande coração”, concluiu o médico.

Leia também:

Menina de 8 anos é proibida de tirar fotos na escola por não ter cabelo com tom “natural”

Menina vê pela televisão que tem o mesmo cabelo que Maju Coutinho e prova com vídeo hilário

Dany Bananinha mostra a barriga e posa com a “filha”; mais velha no colo: “3 meninas superpoderosas”;