Menina com “ossos de vidro” não consegue ir à escola e vizinhos armam surpresa

O caminho da casa de Mili está em situação precária e é perigoso para ela andar

Mili tem ossos frágeis e não consegue ir para a escola em segurança.(Foto: Getty Images)

Moradores de Puerto Iguazú, na Argentina,  se mobilizaram entre si e reformaram calçadas que estavam com pedras e buracos para uma criança com ossos frágeis ir à escola sem sofrer nenhum acidente no caminho.

-Publicidade-

A menina Milagro Díaz, a ‘Mili’, nasceu com osteogênese imperfeita, doença hereditária reconhecida por ossos quebradiços, que se quebram com facilidade. A família dela não tem um veículo para levá-la até a escola, e ela tem que ir a pé, correndo riscos.

A vizinhança se organizou quando soube da situação da menina e recolheu doações para comprar os materiais de construção e poder reformar o caminho desde a calçada da casa dela até a escola.

-Publicidade-
Moradores ajudam a reformar calçadas para criança com ossos frágeis ir à escola. (Foto: Reprodução/ Razões para Acreditar)

A conclusão da obra está prevista para o início do ano que vem, já que todo o trabalho é voluntário e depende da disponibilidade de cada um. Esperamos que a Mili consiga ir em segurança para a escola e que boas ações como esta sejam incentivo para outras pessoas.

Leia também:

Gêmeos com doença rara nascem com ‘ossos de vidro’ e sobrevivem a diagnóstico negativo dos médicos

Menina com “ossos de vidro” tem sonho realizado neste Natal depois da visita do Bom Velhinho 

Há 7 anos, mãe luta na justiça por cirurgia para a filha com doença rara 

-Publicidade-