Criança

Menina com síndrome de Down que foi recusada em 4 colégios emociona com foto da formatura

Imagem Menina com síndrome de Down que foi recusada em 4 colégios emociona com foto da formatura

Publicado em 19/12/2018, às 09h10 - Atualizado em 25/02/2021, às 16h20 por Redação Pais&Filhos


Rita é mãe de Valentina, uma menina de 6 anos que só queria frequentar a escola. Mas, depois de ver a matrícula da filha ser recusada em quatro instituições privadas, a mãe quase desistiu de colocar Valentina na escola.

Acontece que Valentina tem síndrome de Down, condição que faz a menina ter dificuldades para andar e se alimentar.

Apesar disso, por lei, escolas públicas e privadas são obrigadas a aceitar crianças com Down e outras condições especiais. Mas não foi isso que aconteceu quando Rita tentou matricular a filha.

“Eu mesma quase fiquei desacreditada [na lei] e quase não levei a Vava para a escola”, a mãe contou ao site Razões Para Acreditar. Mas tudo mudou quando Rita encontrou uma escola pública de Taubaté (SP), onde mora, que aceitou a matrícula de Valentina, onde foi “muito acolhida”.

Na EMEI Maria Pereira Santiago, Rita encontrou apoio da diretora Shirlei Cândido e de professoras como a Amanda Maciel, que lecionou para Valentina por dois anos e foi essencial para a integração da menina na classe.

Amanda contou que com a chegada de Valentina, ela estudou muito sobre a condição da menina e desenvolveu jogos e atividades com os alunos da classe para desconstruir quaisquer preconceitos que eles tivessem e que ao mesmo tempo atendessem às necessidades dela.

“Conscientizei os alunos sobre o tema da inclusão, mostrei as capacidades dos alunos especiais e seus direitos com uma abordagem lúdica”, explicou a professora ao Razões Para Acreditar.

Agora, depois de dois anos de aula com a professora Amanda na EMEI de Taubaté, Valentina finalmente se formou no Ensino Infantil e fez uma entrada triunfal na cerimônia de formatura.

A pedido de Amanda, uma voluntária da escola doou para a menina um andador rosa construído de canos de PVC, que permitiu que Valentina entrasse na cerimônia sem auxílio de outra pessoa.

A mãe da menina comentou o quão especial foi aquele momento. “Foi o que mais me emocionou. Ver ela andar sozinha, vencendo a timidez. Não teve como segurar [a emoção] e não foi só a gente, mas a escola inteira chorando.”

E não só a formatura da menina foi emocionante para a mãe, mas todo o aprendizado que a filha teve nos últimos dois anos. “Foram muitas vitórias durante todo esse processo. Vitória alimentar, vitória contra a timidez, da questão da autonomia. Foram muitas vitórias, mas essa foi demais!”

E é só o começo! Valentina vai continuar estudando na rede pública Municipal e ano que vem ela vai para o Ensino Fundamental. E que venham outras vitórias!

Leia também:

Menina com Síndrome de Down não é convidada para a própria formatura e tia desabafa na internet

Conheça a história do homem gay que adotou menina com Síndrome de Down rejeitada mais de 20 vezes

Crianças defendem colega cheerleader com síndrome de down de bullying


Leia também

Alok faz anúncio em vídeo no Instagram - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Alok compartilha vídeo em família para anunciar: "Agora somos 6"

Viih Tube e Eliezer - (Foto: Reprodução/O Globo)

Família

Viih Tube e Eliezer se mudam para mansão de R$ 8,5 milhões; veja detalhes dos cômodos luxuosos

Bruna Biancardi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Bruna Biancardi comemora chegada de novo bebê na família: "Já amamos"

Virginia mostra mochila que filha escolheu para escola - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Virginia compra mochila de quase R$ 1 mil para filha de 2 anos levar para escola

Sasha tem dois irmãos por parte de pai - reprodução / Instagram

Família

Sasha Meneghel abre o jogo e fala sobre relação com os irmãos: “Tive que dar uma regulada nisso”

Virginia chama atenção por roupa ousada na festa do Neymar - Reprodução/Instagram

Notícias

Virginia é criticada por roupa usada em festa de Neymar: “Desrespeitoso com a própria família”

“Eu odeio o nome da minha filha” diz pai que já mudou o nome da bebê, mas que ainda se arrepende - Freepik/freepic.diller

Bebês

“Eu odeio o nome da minha filha” diz pai que já mudou o nome da bebê, mas que ainda se arrepende

Fernanda Vasconcellos e Romeo - Reprodução/Instagram

Bebês

Fernanda Vasconcellos posta foto linda amamentando o filho e olho do bebê chama a atenção

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!