Criança

Menina cria urso de pelúcia com uma função única para crianças que vivem internadas

Ella criou com a intenção de ajudar outras crianças (Foto: Reprodução/Instagram @
Ella criou com a intenção de ajudar outras crianças (Foto: Reprodução/Instagram @

Publicado em 17/06/2019, às 13h21 - Atualizado em 23/09/2022, às 10h48 por Nathalia Lopes, Filha de Márcia e Toninho


Ella criou com a intenção de ajudar outras crianças (Foto: Reprodução/Instagram @teddy_medi)

Ella Casano tem 12 anos, mas desde os sete convive com a rotina de passar dias no hospital, isso porque a menina sofre com  púrpura rombocitopênica idiopática. A doençafaz com que as plaquetas não se desenvolvem normalmente o que faz com que ela tenha maior probabilidade de risco de lesões e sangramento.

Por conta disso, a cada oito semanas, ela precisava passar por transfusões sanguíneas. Ella conversou com o CTVNewse disse que sempre teve muito medode hospital e da rotinacansativa e foi então que ela pensou em criar os ursinhos que seriam uma capa para os sacos de soro e bolsas de sangue.

“Quando tive minha primeira transfusão, fiquei surpresa e intimidada um pouco pela aparência do tamanho da tubulação e do equipamento médico. Vendo que mais e mais criançastêm os mesmos sentimentos, fiquei interessada em criar uma experiência mais amigável para pacientes jovens. Então eu criei o Medi Teddy. Espero que Medi Teddy o ajude tanto quanto ele me ajudará!”, contou.

Medi Teddy é uma criação de Ella (Foto: Reprodução/Instagram @medi_teddy)

O projeto

Tudo isso foi realmente uma ideia da menina, que com a ajuda da mãe, confeccionou os primeiros ursos. Depois que ficaram sabendo da notícia, os funcionários do hospital se surpreenderam com a criatividade de Ella e incentivaram mãe e filha para continuarem a produção das pelúcias.

A função do Teddy Medi é esconder da criança o conteúdo que a ela está recebendo, seja de sangue, derivados de sangue ou até mesmo, apenas alguma medicação. Além de causar uma impressão mais amiga e menos fria de hospital e fazer com que a criança fique mais confortável.

A famíliacriou uma página no GoFoundMe para que pudessem receber doações e assim fazer com que mais crianças pudessem ter acesso ao Teddy. No começo, apenas era de apenas 5 mil dólares, mas só com sete dias, elas arrecadaram mais de 18 mil.

Leia também: 

Menino de 10 anos inventa dispositivo que evita a morte de bebês esquecidos em carros: “Meu jeito de ajudar” 

Pai inventa cadeira especial para ler com os três filhos e dá show de criatividade

Mark Zuckerberg inventa aparelho para a esposa dormir melhor e compartilha a ideia com os seguidores


Leia também

Alok faz anúncio em vídeo no Instagram - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Alok compartilha vídeo em família para anunciar: "Agora somos 6"

Registro feito por Ana Paula Siebert ao lado de Roberto Justus - Reprodução/Instagram

Família

Roberto Justus fala sobre desgaste no relacionamento com Ana Paula Siebert: “Ela odeia”

Sasha tem dois irmãos por parte de pai - reprodução / Instagram

Família

Sasha Meneghel abre o jogo e fala sobre relação com os irmãos: “Tive que dar uma regulada nisso”

Lore Improta disse quando pretende ter o segundo bebê - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família vai aumentar! 👨‍👩‍👧‍👦

Lore Improta fala sobre a chegada do 2º filho com Léo Santana: 'Curtir nossa família'

Virginia mostra mochila que filha escolheu para escola - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Virginia compra mochila de quase R$ 1 mil para filha de 2 anos levar para escola

Derek Prue junto do filho, Derek Jr. , com a mesma marca de nascença! - Reprodução/ Today

Família

Pai fica 30 horas fazendo tatuagem igual marca de nascença do filho: “Para ele se sentir confortável”

Arthur Aguiar e Jheny Santucci estão esperando o primeiro filho juntos, depois de terminarem o namoro - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Namorada de Arthur Aguiar chora ao desabafar sobre problema com o filho recém-nascido

“Eu odeio o nome da minha filha” diz pai que já mudou o nome da bebê, mas que ainda se arrepende - Freepik/freepic.diller

Bebês

“Eu odeio o nome da minha filha” diz pai que já mudou o nome da bebê, mas que ainda se arrepende

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!