Menina de 12 anos termina faculdade nos EUA

Sawsan Ahmed mora em Weston e se tornou a pessoa mais jovem a se formar na faculdade. Ela terminou o ensino médio com 9 anos de idade – e ainda pretende seguir na carreira acadêmica!

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 12 anos acaba de se formar na universidade, nos EUA
  • Por lá, Sawsan Ahmed mora na cidade de Weston e é a mais jovem pessoa a se formar na faculdade
  • Ela se formou no ensino médio com apenas 9 anos, e pretende seguir estudando!

Como assim?! Sawsan Ahmed, de apenas 12 anos de idade, se formou na Universidade da Flórida, nos EUA. É isso mesmo! A moradora da pequena cidade de Weston terminou o ensino médio com 9 anos, logo ingressou na faculdade e ainda pretende estudar mais!

-Publicidade-

Para a emissora de TV americana ABC News, Sawsan admitiu que deseja ir para a Universidade da Flórida estudar programação, química e biologia. “Os cursos de programação Python através da biologia realmente me interessaram. É um lugar incrível para estudar esses tópicos, então é muito legal que eu tenha sido aceita para ir para lá no próximo semestre”.

A família de Sawsan notou que a menina tinha uma facilidade acadêmica quando, estudando sozinha em casa, ela conseguiu aprender matérias de alunos mais velhos que ela. A mãe da formanda, Jeena Santos Ahmed, contou que, desde então, tenta ao máximo estimular a filha.

Sawsan pretende seguir estudando!
Sawsan pretende seguir estudando! (Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal/ ABC News)

“Sempre que ela demonstra interesse por algo, nós tentamos seguir a ambição dela da melhor maneira possível. Conversamos com ela sobre novos desenvolvimentos tecnológicos e incentivamos que ela aprenda sobre novas descobertas científicas”.

Sawsan ainda lembra que, no início da graduação na Broward College, sempre surpreendia os colegas de classe com a presença em sala de aula. “No início, todos tentavam me ajudar, me chamando de ‘querida’. Mas no final do semestre, os outros alunos estavam me pedindo ajuda com as questões”, brincou ela.

A menina ainda revelou que se inspira – além de em uma série de grandes mulheres da história – no próprio pai, Wesam Ahmed, que é médico especializado no tratamento de pessoas com câncer. “Médicos como meu pai salvam vidas uma de cada vez, mas se eu inventasse uma tecnologia que funcionasse na medicina, poderia salvar muitas vidas ao mesmo tempo”, apontou. Demais!