Menina de 6 anos consegue 100 bichos de pelúcia para doação de Dia das Crianças

Maria Clara Ribeiro possui uma habilidade absurda em máquinas de pegar bicho de pelúcia e, por isso, recebeu todo o apoio do pai para realizar o sonho de ajudar outras crianças!

Resumo da Notícia

  • Maria Clara Ribeiro decidiu doar 100 bichos de pelúcia para crianças do câncer neste Dia das Crianças
  • Para isso, a menina de apenas 6 anos de idade decidiu usar sua incrível habilidade em máquinas de pegar brinquedo
  • Ela mesma foi entregar cada presente para cada criança

Para deixar o coração quentinho! Maria Clara Ribeiro, de apenas 6 anos de idade, conseguiu 100 bichos de pelúcia para doar para crianças com câncer neste Dia das Crianças. Como? Simples: com uma habilidade incrível em máquinas de pegar brinquedos.

-Publicidade-

É isso mesmo! Ao G1, Maria Clara e a família contaram de onde veio a habilidade da menina e, de quebra, mostraram que ela mesma quis entregar os presentes especiais para cada criança. “Quando fizemos a primeira ação, ela falou que gostaria de doar novamente quando juntasse mais ursinhos. Combinamos então uma ‘meta’ para ela pegar 100 até o dia das crianças e escolhemos a instituição para doar os bichinhos”, contaram os pais.

Maria Clara conseguiu 100 bichos!
Maria Clara conseguiu 100 bichos! (Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal/ G1)

Os ursos foram destinados para crianças atendidas pelo Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci) de Sorocaba (SP) e de uma instituição que cuida de crianças carentes de Mairinque. Por lá, foram mais de 150 crianças beneficiadas com o gesto de solidariedade da menina.

Maria decidiu doar os brinquedos
Maria decidiu doar os brinquedos (Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal/ G1)

“Estou muito feliz em fazer esta nova doação, amei do fundo do meu coração poder doar os bichinhos às crianças do GPACI. Todos que estavam lá ficaram muito felizes e emocionados, também agradeceram o presente. Fiz de coração”, contou a própria Maria Clara, também ao G1.

“Tudo começou como uma brincadeira”, relembra ainda o pai de Maria. “Quando íamos buscar a minha esposa no mercado, fomos pegar um bichinho que a Clara queria. Aí, ela começou a pegar gosto pela máquina. Quando tinha 10 bichinhos, ela me disse que ia doá-los para crianças carentes, aí eu tive a ideia de levá-los a uma instituição da cidade e ela topou”. Desde então, Maria já fez e continua fazendo a alegria de diversas crianças enquanto brinca. Demais!