Menina de 8 anos tem cabelo cortado por colegas em transporte escolar e mãe desabafa

Karla Santos gravou um vídeo inconformada com a situação e ainda disse que a filha agora não quer voltar para a escola, porque está com medo

Resumo da Notícia

  • Uma mulher decidiu fazer um vídeo para desabafar após uma situação que aconteceu com a filha
  • A menina de 8 anos teve o cabelo cortado por colegas enquanto ela dormia no transporte escolar
  • Agora, a criança está traumatizada e não quer voltar para a escola

Uma mãe decidiu gravar um vídeo para denunciar algo que aconteceu com a filha, de 8 anos. A menina teve o cabelo cortado por colegas dentro do transporte escolar público da Prefeitura de Rio Largo quando voltava para a casa depois da escola.

-Publicidade-
Uma menina ficou traumatizada e não quer voltar para a escola após ter o cabelo cortado no transporte escolar
Uma menina ficou traumatizada e não quer voltar para a escola após ter o cabelo cortado no transporte escolar (Foto: reprodução/YouTube)

Na filmagem, Karla Santos mostra como ficou o cabelo da filha enquanto fala: “Isso aqui é um absurdo. Não existe isso, não”. Ela ainda continua: “Olha isso aqui”, indicando alguns fios maios longos que outros.

Na última quinta-feira, 17 de fevereiro, a mãe percebeu algo estranho na filha, mas apenas se deu conta do que havia acontecido com o cabelo da filha mais tarde quando foi arrumá-la para irem ao parquinho.

Mas apenas no dia seguinte, a criança contou o que havia acontecido. De acordo com a menina, tudo se passou enquanto ela dormia e só se percebeu ao acordar. Ela ainda comentou que viu duas meninas, mais velhas, rindo perto dela.

Com toda essa situação, a criança agora tem medo de ir para a escola. “Isso tem que servir de alerta. O que aconteceu com ela tem que servir de alerta. Com ela foi o cabelo, mas a gente vê tantas tragédias por aí”, comentou a mãe em entrevista ao G1.

A prefeitura emitiu uma nota: “A prefeitura de Rio Largo, por meio da secretaria municipal de Educação (SEMED) informa que está apurando o fato mostrado na reportagem e que todos os ônibus escolares do município de Rio Largo possuem monitor escolar para levar os alunos com segurança até as unidades de ensino. Salientamos ainda o compromisso com os alunos da rede municipal, e reiteramos à disposição da equipe da SEMED para solucionar o ocorrido junto à família”.