Criança

Menina nasce com a medula para fora e a família tem esperança de melhora após cirurgia

Lorena Miranda, de 4 anos, nasceu com mielomeningocele

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Lorena nasceu com mielomeningocele (Foto: reprodução / Facebook / @juntospelalolo)

A menina paulista Lorena Miranda, de 4 anos, recebeu o primeiro transplante de células-tronco na Ciudad Del Este, no Paraguai. “Lolô”, como é carinhosamente chamada, nasceu com mielomeningocele, uma malformação congênita na coluna vertebral. Além disso, desenvolveu hidrocefalia, acúmulo de líquido dentro do crânio.

De acordo com o G1, a família de Lorena vive em Bertioga e liderou uma campanha para juntar dinheiro com o objetivo de pagar o tratamento. Com 112 mil reais arrecadados, a criança recebeu a primeira dose de células-tronco na medula.

Lorena iniciou o tratamento no Paraguai (Foto: reprodução / Facebook / @juntospelalolo)

Lorena fala normalmente, porém, não consegue andar e também não tem controle do sistema digestivo. Os pais esperam que a filha consiga ter uma melhor qualidade de vida após a cirurgia.

A família deve retornar ao Paraguai para a menina continuar o tratamento e receber mais duas aplicações na coluna.

Leia também:

Criança vence o câncer após tratamento com células tronco do cordão umbilical e a história impressiona

Menina de 7 anos faz festa para comemorar transplante de medula

5 mil pessoas fazem fila para tentar doar medula para criança com leucemia