Criança

Menina que morreu de leucemia deixa carta emocionante à voluntária: “Você é minha melhor amiga”

Júlia, de 8 anos, estava em uma instituição para adoção, depois de ter sido abandonada pelos pais

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

(Foto: Reprodução/Facebook)

Antes de morrer após lutar contra a leucemia, Júlia, de 8 anos, deixou uma carta para a voluntária Gabriella Pereira, de 23 anos, que costumava visitar a menina até quatro vezes por semana em um abrigo para crianças em Carapicuíba, em São Paulo.

“Obrigada por vir me ver”, escreveu Júlia, em uma agenda entregue por uma enfermeira para Gabriela, após sua morte. A menina estava em uma instituição para adoção, após ter sido abandonada pelos pais.O caso foi contado por Gabriella em seu perfil no Facebook na última quinta-feira (10), um dia após a morte de Júlia. A publicação já tem mais de 70 mil curtidas e 30 mil compartilhamentos.

“Ela me ensinou a saber o que é ter um amor de mãe, sem ser mãe. Em não reclamar das coisas, eu nunca vi ela reclamando de nada”, disse Gabriella. A carta foi escrita no dia 1º de janeiro em uma agenda da Branca de Neve. O texto começa no dia 27 de janeiro, não por acaso. “É o dia do meu aniversário. A Júlia queria me entregar nesse dia”, lembra Gabriella.

“Conheci a Júlia há uns 2 anos, em um abrigo de crianças abandonadas nesses trabalhos sociais que faço, desde então, não era mais um trabalho, era amor. Dia das Crianças, aniversário, Natal, entre outras datas, sempre tive comigo que precisava dar uma passadinha para ver a magrelinha, porque as outras crianças tinham alguém que as visitavam e ela tinha apenas eu”, explicou Gabriela, revelando o apelido carinhoso de Júlia.

(Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

“Só faço aqui um pedido às mães que colocam crianças no mundo e abandonam. Vocês não fazem ideia do que é uma criança crescer sem ter um apoio fixo”, escreveu. A irmã de Júlia foi adotada quando tinha poucos meses idade— desde então, a menina não tinha nenhum familiar por perto.

“Mesmo com todas as dificuldades que ela passou em 8 anos de vida, ainda me deixou uma mensagem me apoiando com sua partida. Agora a Júlia é uma estrela e uma das mais lindas e guerreiras que pode existir, foi com o Papai do Céu que ela tanto queria. A dor é grande, o alívio também. Ela descansou e eu deixo essa homenagem, pela força que ela teve e por tudo que foi nesse mundo. A tia Gabi te ama, você será minha eterna melhor amiga e estará sempre em meu coração”, finalizou Gabriella na publicação.

Confira a carta de Júlia:

“Tia Gabriela, eu estou com muita dor e já quero ir morar com o papai do céu, por isso pedi para a tia Marta escrever essa carta na agenda da Branca de Neve que você me deu. Pedi para a tia te ligar porque estou com saudades, mas não conseguimos falar com você, ligamos no Banco que você trabalha mas existem muitos e não sei o número do seu trabalho, não sei se a gente te espera na visita de domingo”.

“Quero pedir obrigada por me conhecer, por vir me ver e por me dar o video game que eu te pedi, eu sabia que era muito caro e para comprar o video game precisa vender uma casa, mesmo assim você me deu, obrigada pela sandália de salto que me deu, e por trazer aquele lanche que sempre vi na TV, obrigada por vir me ver no meu aniversário e trazer o sorvete de morango.

Você é minha melhor amiga e eu queria que você fosse minha mãe, pedi para o papai do céu me fazer sarar, porque aí você ia arrumar os documentos e me adotar, você disse que ia ser difícil mas eu ia pedir para o juiz deixar você ser a minha mãe, e ele ia deixar porque você já é grande e até dirige carro. Quando eu crescer quero ser bonita igual a você! Também quero dizer na sua carta que eu amei que colocou bexigas no meu aniversário e levou até brigadeiro. Tia Gabi, eu te amo, estou pintando as bolinhas do calendário igual você disse e só faltam duas fileiras para o dia do seu aniversário, mas estou muito doente e com muita dor, por isso se eu for morar com o papai do céu não fica triste, porque eu te amo e só você é a minha melhor amiga“.

Leia também:

Pai perde a esposa para o câncer e escreve cartas aos filhos que valem como uma lição de vida

Menino escreve carta para o pai que faleceu e resposta do carteiro é comovente

Filha organiza ensaio fotográfico para mãe com câncer e o resultado é emocionante