Menino autista vence mostra científica fazendo objetos com materiais descartáveis

“Quando eu crescer, vou ser construtor de brinquedos”, disse Micael Naason

O menino frequenta a rede pública de ensino (Foto: reprodução / Instagram)

Em Cuité, na Paraíba, Micael Naason, de 11 anos, ganhou a mostra cientifica da rede municipal de ensino. O menino, que tem autismo, cria objetos usando materiais descartáveis como papelão, plástico, papel, entre outros.

-Publicidade-

“Quando eu crescer, vou ser construtor de brinquedos, vou construir uma fábrica de brinquedos, com papelão, copo descartável, arame e tudo mais”, disse o garoto ao site Razões para acreditar.

A família de Micael já sofreu muito preconceito devido a condição do garoto, quando descobriram que ele tinha autismo tentaram matricula-lo em escolas privadas para o melhor desenvolvimento mas as respostas eram sempre que o lugar não estava preparado para receber o menino.

-Publicidade-

“Eles disseram que era porque não tinha cuidador para acompanhá-lo, mas nós percebemos que eles não queriam que ele estudasse ali”, disse a irmã.“Chegaram a dizer que quem precisava de tratamento era eu, que estava nervosa demais e que era normal meu filho não falar”, desabafou a mãe sobre os problemas que enfrentou.

A família de Micael já sofreu muito preconceito devido a condição do garoto (Foto: reprodução / Instagram)

Leia também:

Mãe escreve livro infantil sobre autismo para conscientizar outras crianças após a filha sofrer bullying

1º Fórum de Acessibilidade para o Autismo discute conscientização sobre o transtorno

Pesquisador brasileiro desenvolve dispositivo que detecta autismo em crianças

-Publicidade-