Menino de 11 anos ganha certificado da comunidade após salvar duas pessoas no mesmo dia

Davyon Johnson impediu que um aluno engasgasse e ajudou uma senhora a fugir de uma casa pegando fogo em 9 de dezembro. Apesar de todo o reconhecimento, ele apenas afirma que fez o que deveria fazer

Resumo da Notícia

  • Um menino de 11 anos conseguiu salvar duas pessoas no mesmo dia
  • Davyon Johnson primeiro impediu que um colega se engasgasse fazendo um procedimento de primeiros-socorros
  • Depois, ele ajudou uma idosa a fugir da casa pegando fogo

Davyon Johnson tem 11 anos, mas já foi considerado um herói. Isso porque o menino salvou não uma, mas duas pessoas no mesmo dia. Por conta dos atos, ele recebeu um documento de honra como agradecimento da comunidade.

-Publicidade-
Um menino salvou duas pessoas no mesmo dia e foi reconhecido pelas autoridades locais
Um menino salvou duas pessoas no mesmo dia e foi reconhecido pelas autoridades locais (Foto: reprodução/Facebook/Escola Pública de Muskogee)

Os casos aconteceram no dia 9 de dezembro. Primeiramente, ele ajudou um aluno que estava engasgado. Ao tentar abrir uma garrafa de água com a boca, a tampa foi parar na garganta dele. Foi então que Davyon fez a manobra de Heilimch, uma técnica de primeiros-socorros.

Já mais tarde naquele dia, ele conseguiu salvar uma idosa que estava fugindo da casa em chamas. O menino percebeu fumaça saindo do local enquanto passava de carro com a mãe. Enquanto ela ligava para a emergência, ele bateu na porta. Quando as 6 pessoas da casa viram o fogo, fugiram correndo. Mas uma senhora não conseguia ir muito rápido, então o menino resolveu ajudá-la.

Depois dos feitos, no dia 15 de dezembro, o departamento de polícia de Muskogee e gabinete do xerife presenteou o menino com um certificado, nele o menino foi nomeado como membro honorário.

A comunidade entregou um certificado para o menino que salvou duas pessoas no dia 9 de dezembro
A comunidade entregou um certificado para o menino que salvou duas pessoas no dia 9 de dezembro (Foto: reprodução/Facebook/Escola Pública de Muskogee)

“Eu disse para ele: ‘Você salvou a vida de duas pessoas. Isso é especial'”, relembrou a mãe em entrevista ao The New York Times. A professora do menino também chegou a dizer que ele não se deu conta do tanto que ajudou essas pessoas e afirmou que apenas fez o que deveria fazer.