Menino de 2 anos é atropelado em vídeo chocante e passa por milagre: “Nasceu de novo”

Do momento em que atravessou a rua pela primeira vez até voltar correndo e enfrentar o acidente que deixou a família assustada, foram apenas 11 segundos

Resumo da Notícia

  • Theo deixou a família assustada quando passou por um acidente
  • Os especialistas explicaram o motivo dele não ter ferimentos graves
  • O motorista fez um desabafo sobre o momento
  • O menino já está bem e em casa com a família
A família de Theo vivenciou um milagre após o acidente (Foto: reprodução / vídeo TV Globo)

Theo, um menino de dois anos, deu um baita susto na família ao ser atropelado no dia 24 de junho. Ele, que estava na calçada com o avô, foi levado até a mãe, mas, repentinamente voltou correndo para devolver o celular que estava brincando. Do momento em que foi até o outro lado pela primeira vez até o acidente, foram apenas 11 segundos. Para assistir ao vídeo, clique aqui.

-Publicidade-

Nas imagens, é possível observar que as duas rodas do carro passaram sobre Theo. A criança foi levada imediatamente até o pronto-socorro e enfrentou um milagre: haviam apenas algumas escoriações. “Ele chegou com algumas lesões. Chegou bem, sem perda de consciência. A imagem assusta muitas vezes mais que o trauma em si. Por ele ser muito criancinha, alguns ossinhos não estão completamente formados”, explicou a médica responsável em entrevista ao Fantástico.

Felizmente, ele já está bem e em casa com a família (Foto: reprodução / vídeo TV Globo)

A pediatra Ana Escobar reforçou: “Os ossos das crianças são mais maleáveis, porque tem uma composição diferente. São mais elásticos, tem mais cartilagem. E essa elasticidade fez com que a criança ficasse bem, sem quebrar nenhum osso”. No momento do acidente, o fato do motorista não ter freado impediu que algo pior acontecesse.

-Publicidade-

Edson, pai de três filhos e vizinho da família, dirigia o carro no momento do acidente e até agora não se recuperou do susto. “A mãe gritou e assim que eu vi até cheguei a frear, mas fiquei com medo de arrastá-lo. Graças a Deus, apesar do susto, a criança está bem”. A irmã mais velha de Theo, Valentina, ficou bastante emocionada em poder brincar com o irmão outra vez: “Eu fiquei muito feliz, porque parece que ele nasceu de novo”, concluiu.