Criança

Menino de 2 anos volta sozinho para casa e mãe acusa creche: “Ele abriu e saiu”

Caso aconteceu em Cajuru, São Paulo

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

A mãe não quis ser identificada (Foto: Reprodução/EPTV)

Na terça-feira (2), uma mãe de Cajuru (SP) acusou uma creche por deixar seu filho de 2 anos voltar sozinho para casa.

Segundo o G1, a mãe disse que a criança caminhou por quase 1 quilômetro e sua ausência não foi notada ou comunicada. Ela contou que estava em casa e que iria buscá-lo por volta das 11h, mas foi pega de surpresa com a chegada do filho.

“Achei que fosse meu marido chegando, aí quando eu vi, meu filho veio correndo falando ‘mamãe, mamãe'”, ela conta em entrevista à EPTV. “Eu falei: filho, com quem você veio? E ele falou: ‘eu vim. Saí aqui fora, não tinha ninguém'”, contou.

Sem acreditar no ocorrido, ela foi à creche para tirar satisfação. Então ela descobriu que o filho tinha deixado o local sem que os funcionários percebessem. “Eles simplesmente viraram as costas, depois veio outra moça e disse que meu filho tentou abrir o portão 3 vezes e que ele abriu e saiu”, afirmou a mãe em entrevista à EPTV.

A creche onde o menino estuda (Foto: Reprodução/EPTV)

Diego André, pedreiro, contou ao G1 que achou estranho quando viu o menino sozinho e que, apesar de considerar a distância curta para um adulto, o percurso é perigoso para uma criança, pois tinha ruas e avenida para atravessar.

A mãe afirmou que vai procurar a Polícia Civil para investigação do caso. “Eu falo que foi Deus que o pegou no colo e o trouxe embora, porque é uma distância um pouco longa para uma criança de 2 anos“, afirma a mãe ao G1.