Menino de 3 anos volta para casa sozinho de creche após se machucar: “Nem perceberam que sumiu”

Naomi Scott contou que Copper chegou em casa só enquanto ela estava no mercado

Resumo da Notícia

  • Naomi Scott simplesmente se desesperou ao perceber que o filho, de apenas 3 anos, tinha percorrido sozinho o trajeto da escola para casa no meio da manhã
  • A mãe estava no mercado quando o irmão ligou para ela, e perguntou se a presença de Cooper no portão de casa no meio da manhã era alguma brincadeira
  • O menino afirmou que decidiu ir para casa depois que se machucou na escola e não recebeu atenção dos professore

Uma mãe se desesperou ao saber que o filho de apenas 3 anos tinha percorrido o trajeto da escola para casa sozinho a pé. Naomi Scott estava no mercado quando recebeu uma ligação do irmão e tio do menino – que confirmou a presença do pequeno Cooper no portão de casa no meio da manhã, questionando ainda se aquela era alguma brincadeira.

-Publicidade-

“Ele olhou pela janela e viu Cooper tentando entrar no portão. Aí me ligou e perguntou se eu estava tentando pregar algum tipo de peça nele”, contou ela, para o jornal Evening Express. A mãe ainda disse que o menino conseguiu sair da instituição sem que nenhum adulto percebesse sua ausência.

Naomi e o filho, Cooper
Naomi e o filho, Cooper (Foto: Reprodução)

Ao chegar em casa, Naomi narra que questionou Cooper sobre o trajeto, e porque teria saído da escola sem a permissão de algum funcionário. O menino afirmou que se machucou, e que não recebeu atenção dos professores. “Ele caiu, se machucou e foi ignorado [pelos professores]. Como foi ignorado, decidiu que voltaria para casa para encontrar a mamãe”, lembra. “Eu disse a ele que poderia ter sido atropelado ou se machucado e ele respondeu: ‘Está tudo bem, mamãe, o carro parou para mim’”, relembra.

Naomi então ligou para a escola, questionando onde estava seu filho e se estava tudo bem com o menino. Os funcionários do Jardim de Infância afirmaram que Cooper estava bem, na escola e “brincando no jardim”. Foi então que a mãe ficou furiosa – já que, na verdade, o menino estava na sua frente. “Perguntei se eles tinham certeza e não queriam verificar a situação, porque eu estava vendo meu filho na minha frente, na minha sala de estar. Fui até a escola e eles diziam para eu me acalmar para que a situação pudesse ser resolvida. Mas não tem como. Meu filho de 3 anos estava desaparecido e eles nem perceberam que ele tinha sumido”.

Cooper chegou a pular a cerca da escola
Cooper chegou a pular a cerca da escola (Foto: Reprodução)

A mãe decidiu tirar os 3 filhos da escola, até que se sinta segura. “Me abalou pensar no que poderia ter acontecido com meu filho. Felizmente ele está bem, mas acho que a pior parte de tudo isso é que eles nem sabiam que ele estava desaparecido”. Um porta-voz da Câmara Municipal ainda confirmou que iniciou uma investigação junto com a esola para averiguar o que aconteceu, e se pronunciou.

“O aluno está seguro e bem, e uma revisão de todas os protocolos está sendo concluída para garantir que todas as medidas apropriadas sejam tomadas”, adiantou-se, em comunicado oficial. Que perigo!