Criança

Menino de 5 anos sofre ataque cardíaco após sintomas de gripe: ”Nosso pequeno super-herói”

Owen ficou 56 dias internado

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

Owen sobreviveu a um ataque cardíaco. (Foto: Reprodução / Facebook / Página #PrayingForOwen)

Owen Coulton de apenas 5 anos de idade passou por uma situação que assustou todo mundo! O menino que mora no Texas, nos Estados Unidos, passou quase dois meses no hospital Dell Children’s Medical Center, depois de sofrer uma parada cardíaca que o matou.

O garoto foi levado ao hospital as pressas com sintomas parecidos a de uma forte gripe e porém com grandes reclamações de de dor na perna, até os pais perceberem que seu pé e tornozelos estavam roxos e começaram. Foi quando os médicos tiveram a surpresa de uma piora no estado de saúde de Owen.

Após alguns minutos do menino ter chegado no hospital, seu coração parou. A equipe médica conta a Fox que realizou 90 tentativas para reanimar a criança e ele respondeu por 5 vezes. Os médicos revolveram colocar Coulton em aparelhos e foi quando tiveram mais uma surpresa, alguns minutos depois, seu coração voltou a bater por conta própria.

“Eu gritei por ele, eu disse a ele para ficar com a gente, disse que o amava e pedi a Deus para salvá-lo, ele é o nosso bebê milagroso, ele foi o milagre de Natal do hospital”, conta a mãe para a FOX

Os médicos suspeitam que um vírus atacou o coração de Owen, pois os exames iniciais não mostrar nada de errado. Ao todo, o menino ficou 56 dias internado, tempo para que seus órgãos voltassem a funcionar normalmente e também para realizar as fisioterapias necessárias.

Depois de muita espera, o menino foi liberado para finalmente voltar para casa e recebeu uma festa de alta dos médicos do hospital onde ficou internado, foram feitas camisetas com a frase “Esquadrão de Super-Heróis de Owen”.

Hospital faz festa de alta para Owen, (Foto: Reprodução / Facebook / Página #PrayingForOwen)

Os pais do menino fizeram uma página no Facebook com o nome #PrayingForOwen, onde começaram a compartilhar todas as informações sobre o estado de saúde do filho, que teve uma grande repercussão.

Em uma publicação na pagina a mãe escreveu:  “Nosso pequeno super-herói é um lutador corajoso. Owen tem um longo caminho pela frente com uma estadia muito longa e cara na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica”.

Leia também

Menino volta a andar depois de ter pernas paralisadas por ataque cardíaco 

Morre bebê Sofia depois de uma parada cardíaca 

Você viu? Bebê britânico sobrevive após aparelhos serem desligados