Menino de 6 anos não resiste após ser atropelado por trem no Rio de Janeiro

Ele estava com a madrasta no momento do acidente. A versão dela dos fatos foram contestadas pela família do garoto e a mulher está respondendo por homicídio culposo

Resumo da Notícia

  • Menino de 6 anos não resiste após ser atropelado por trem no Rio de Janeiro
  • O garoto estava na companhia da madrasta quando tudo aconteceu
  • Ela irá responder por homicídio culposo
  • A família do garoto contesta o depoimento da mulher

Uma criança de 6 anos faleceu após ser atropelada por um trem próximo à estação Saracuruna, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Otávio Henrique estava acompanhado da madrasta no momento do acidente. A mulher foi presa em flagrante e vai responder em liberdade por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

-Publicidade-
Ele estava com a madrasta no momento do acidente (Foto: reprodução TV Record)

De acordo com o que ela disse, ela estava chamando atenção do menino por brincar na linha do trem, mas ele não estava obedecendo. Logo depois, ele foi atingido. “Ela falou para a gente aqui na delegacia que teria alertado para ele ter cuidado com o trilho e que mesmo assim não saiu. Foi então que o trem, que estava em direção oposta, acertou o menino.”, disse o delegado Paulo Roberto, em entrevista à Record TV Rio.

A família, porém, contesta a declaração da madrasta e afirma que o garoto foi criado na região e que jamais teria ficado nos trilhos ouvindo o trem se aproximar. Otávio chegou a ser levado para o hospital Adão Pereira Nunes, mas não resistiu aos ferimentos.

-Publicidade-

“O Otávio era uma criança extremamente inteligente, que amava dinossauros”, relembrou a avó do garoto, Fabiana Tavares. “Ele era muito companheiro, amava os avós, a família. Ele era muito querido pela família”, contou, emocionada.

-Publicidade-