Que lindo! Criança fica um ano sem cortar os cabelos para doá-los à crianças

Pietro Falcão enfrentou bullying e duros comentários, mas cumpriu o objetivo

Resumo da Notícia

  • Aos 11 anos, um menino deu um exemplo de solidariedade;
  • Pietro Falcão enfrentou bullying e comentários por um motivo;
  • O menino decidiu ficar um ano sem cortar os cabelos para que pudesse doar para a fabricação de perucas para as crianças.

Aos 11 anos, um menino deu um exemplo de solidariedade. Pietro Falcão enfrentou bullying e comentários por um motivo: ele decidiu ficar um ano sem cortar os cabelos para que pudesse doar para a fabricação de perucas para as crianças.

-Publicidade-

Após a espera para que as madeixas atingissem o comprimento ideal, na quarta-feira (4), o pequeno fez o corte e cumpriu seu propósito. A família vive em Aquidauana, Mato Grosso do Sul e Pietro contou que precisou de muita determinação para manter o objetivo.

Menino corta cabelo para doar (Foto: Freepick)

Em entrevista ao G1, o menino disse: “Eu comecei a assistir vários vídeos de crianças com câncer e vi o tanto que elas sofrem. As que sobrevivem, podem sofrer muito ao voltar para escola. As críticas que sofri e que me deixaram triste por algum momento, nem se compara com a dor que essas crianças sentem durante o tratamento”.

-Publicidade-

A mãe do garoto contou ao portal que se surpreendeu com a decisão da criança e por um momento achou que fosse brincadeira. No entanto, quando ela entendeu que se tratava de uma causa nobre, ela se animou e o apoiou: “Ele sempre gostou dessas coisas de solidariedade. Quando fiquei sabendo do propósito final que seria para ajudar as crianças, eu achei uma atitude muito bonita. Teve algum momento que ele ficava triste porque os outros o chamaram de menina, mas ele permaneceu firme”.

Menino corta cabelo para doar (Foto: Freepick)

Com a decisão tomada, Pietro foi ao salão pela última vez em janeiro de 2020 e um ano depois fez o corte de 20 centímetros de cabelo. De início as madeixas seriam destinadas para o hospital de Barretos, mas por questão de logística, será enviado para o hospital do câncer em Campo Grande.

-Publicidade-