Criança

Menino ganha irmão de presente e sua reação bomba nas redes sociais

O vídeo já ultrapassa 427 mil visualizações

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A chegada de um bebê na família muda muita coisa, mas se você já tem um filho e está prestes a ter o segundo, o desafio pode ser ainda maior. Isso porque todas as mães querem que seus filhos tenham uma boa relação e, principalmente, que o mais velho não tenha uma crise de ciúmes por conta do novo membro que está chegando. Mas parece que para o pequeno Jaden, de apenas seis anos, a chegada de seu irmão só é motivo de felicidade.

Após pedir um irmão de presente de Natal para o Papai Noel e sofrer com um aborto espontâneo de sua mãe, ele finalmente conseguiu o irmão que tanto queria. Por isso, seus pais resolveram fazer uma surpresa para contar a novidade para Jaden e filmaram toda a reação. Já dá para imaginar o quão emocionante ficou, né? O vídeo é da página VIX.

Vem ver:

Irmão só traz coisa boa

A decisão, ou a surpresa (a gente sabe que acontece!), da chegada de uma segunda criança em casa pode ser bem difícil para os dois lados: para os pais, que ficam com medo de começar tudo de novo e têm a preocupação de ter mais um ser pra educar e uma escola boa para pagar, e para o filho, que, até então, era único e agora vai ter que compartilhar os brinquedos, a casa e, o mais assustador de tudo, a atenção dos pais. Mas tenha calma e não se desespere, vai dar tudo certo e será muito bom!

Se você tem irmãos ou já conversou com uma família grande, sabe a diferença de rotina e dinâmica
da família quando se tem um ou mais companheiros em casa. Essas mudanças não são apenas no ambiente externo, na logística da família, mas acontece principalmente no interno, ou seja, o lado emocional. É um momento de atenção, e que pode ser transformador – pro bem de todos!

A chegada de um irmão é a entrada de um completo estranho na família e acaba trazendo uma série de sentimentos contraditórios, que afeta o equilíbrio da criança. Por isso, é importante que os pais entendam que essas confusões de sentimentos existem e são normais! Seu filho vai sentir amor e ódio, felicidade e tristeza, olhar para a situação sem entender direito. Vai achar bom e ruim ao mesmo tempo, a maior confusão! E é a forma como os pais percebem e lidam com esses sentimentos é que vai fazer a diferença nas relações que vão se estabelecer, tanto entre pais e filhos como entre os irmãos.

Irmão, uma aventura estimulante

Não é fácil dividir um mundo que antes parecia ser todo só pra você com uma pessoinha estranha que acabou de chegar e que exige toda a atenção da mãe. Mas as vantagens são muitas, tanto para o irmão mais novo, que pode ser protegido pelo mais velho, quanto para o mais velho, que desenvolve um senso de proteção e zelo com o mais novo. Juntos, aprendem a resolver conflitos, negociar, ceder e a fazer novos amigos.

A relação entre irmãos desempenha um importante papel na construção do indivíduo. No dia a dia com esse novo membro na família, todos começam a aprender a detectar sentimentos novos, o que estimula uma cumplicidade na família. Dividir e compartilhar vira rotina, sem muito esforço. Às vezes, há disputas, ciúme, inveja e rivalidade, mas também companheirismo e solidariedade entre eles. A criança aprende a dividir com um irmão. Do último Danone da geladeira à atenção dos pais, ela entende que o mundo não é só dela. É uma troca diária de ideias, sentimentos e aprendizados. Com um irmão, seu filho já tem um amigo, convive e aprende a socializar com outra criança antes mesmo de conhecer o mundo de fora.

Muitos irmãos criam um relacionamento tão forte e saudável que passam a ser melhores amigos. Um verdadeiro treinamento de sentimentos para futuros adultos, que terão que conviver com as frustrações
da vida. E com o estímulo e a oportunidade certa, ter um irmão é ter alguém a quem recorrer nos momentos difíceis e ter em quem confiar. Dá uma certa tranquilidade saber que, mais que um amigo, ele é família e entende o outro, compartilha as situações vividas em casa, com os pais, passa ou já passou por situações parecidas na escola.

Leia também:

Pai solteiro adota 5 irmãos de abrigo para que eles não se separassem

Pego no flagra: Gabriel invade o quarto do irmão mais novo e Andressa Suita compartilha o vídeo nas redes

Ombro amigo: crianças que têm irmãos sofrem menos com brigas dos pais