Menino indiano de 16 anos se torna o mais jovem a derrotar o número 1 do mundo no xadrez

Rameshbabu joga xadrez desde pequeno e tem conquistado marcas históricas

Resumo da Notícia

  • Menino indiano de 16 anos se torna o mais jovem a derrotar o número 1 do mundo no xadrez
  • Rameshbabu joga xadrez desde pequeno e tem conquistado marcas históricas
  • Ele viaja cerca de 1h para treinar
  • Apesar dos pontos positivos, ele está agora aprendendo a lidar com a pressão psicológica que envolve tudo isso

Alô, fãs de xadrez! O mundo do bom e velho jogo ganhou uma nova estrela na última terça-feira, 22 de fevereiro. Isso porque Rameshbabu Praggnanandhaa, um indiano de apenas 16 anos, conseguiu uma vitória surpreendente: ele derrotou o número 1 do mundo em uma partida. Tudo aconteceu no torneio online rápido Airthings Masters.

-Publicidade-

“Está quase na hora de ir para a cama, acho que não consigo jantar às 2h30 da manhã”, declarou ele, brincalhão, após a grande vitória de 39 lances, com as peças pretas, sobre o gigante do xadrez.

Rameshbabu joga xadrez desde pequeno e tem conquistado marcas históricas
Rameshbabu joga xadrez desde pequeno e tem conquistado marcas históricas (Foto: iStock)

Essa não é a primeira vez que o melhor jogador do mundo, Magnus Carlsen, perdeu para um jogador da Índia. Ele já tinha sido derrotado antes por Viswanathan Anand e Pentala Harikrishna. Apesar disso, Rameshbabu continua tendo uma vitória impressionante, se tornando o enxadrista mais jovem a bater o norueguês desde 2013.

O adolescente já era uma grande promessa para o xadrez. Em 2016, quando tinha apenas 10 anos, ele se tornou o mais jovem enxadrista da história a se tornar  o mestre internacional de xadrez. Dois anos depois, tornou-se Grão-Mestre, mais alto grau de competitividade a ser conquistado pelos enxadristas.

Menino indiano de 16 anos se torna o mais jovem a derrotar o número 1 do mundo no xadrez
Menino indiano de 16 anos se torna o mais jovem a derrotar o número 1 do mundo no xadrez (Foto: reprodução InfoBae)

Muita dedicação

Para chegar onde chegou, Rameshbabu se dedicou muito. O jovem decidiu abandonar as redes sociais e focar nos treinos. Há anos, o indiano encara diariamente uma viagem de 1 hora para ter aulas em uma escola de xadrez dirigida pelo mentor, o grão-mestre Ramanathan Ramesh.

Mas todo esforço e vitórias vem com uma consequência. No caso de Rameshbabu, ele ainda está aprendendo a lidar com toda a questão psicológica envolvida. “As expectativas criadas ao seu redor podem ter uma influência negativa. Quando ele perde, o resultado às vezes o afeta mais do que deveria. Ele trabalha nisso, mas tem apenas 16 anos e estou orgulhoso de como ele se apresentou contra os melhores jogadores do mundo”, disse Ramesh à ESPN.