Menino interrompe missa para pedir orações para padrinho intubado com covid-19

O caso aconteceu na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais. O padre Arthur Oliveira aceitou o pedido de João Miguel e eles oraram juntos pela recuperação do parente

Resumo da Notícia

  • Durante uma missa na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, o padre Arthur Oliveira foi interrompido por João Miguel
  • O menino fez pedido emocionante
  • Ele pediu para que orassem pelo padrinho, que estava intubado com covid-19

Durante uma missa na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, o padre Arthur Oliveira foi interrompido por João Miguel, uma criança que fez um pedido emocionante. O menino queria pedir para que orassem pelo padrinho, que estava intubado com covid-19.

-Publicidade-

No momento do pedido, o menino chama o padre e diz: “Você pode rezar pelo meu padrinho? É porque ele tá intubado.” Imediatamente, o padre Artur se sentou na escada e atendeu o pedido inocente da criança.

Menino interrompe missa para pedir orações para padrinho intubado com covid-19 (Foto: Reprodução/ Instagram)

Durante a conversa, o menino contou que seu padrinho tinha sido diagnosticado com o vírus e acabou sendo internado. A celebração da missa era transmitida ao vivo nas redes sociais. “Eu te peço, Senhor, cuide do padrinho desta criança”, disse o padre enquanto colocou a mão sobre o peito de João, orando junto com ele.

Como se proteger do novo coronavírus

Prevenção é tudo! Assim como para outras doenças respiratórias, a chave é manter a saúde em dia durante o ano inteiro. “A prevenção é a base de tudo, seja para o coronavírus ou qualquer outra doença. Os medicamentos de origem natural podem ajudar a fortalecer o sistema imunológico e deixar o corpo mais preparado para combater o  vírus”, explica Thiago.  A transmissão do coronavírus é feita através da mucosa oral, do nariz e dos olhos. Confira os cuidados para prevenir e evitar o contágio pelo vírus:

  • Atenção à alimentação: com cardápio variado e saudável
  • Fortalecimento do sistema imunológico: através de medicamentos de origem natural, um cuidado que pode ser feito durante o ano todo
  • Vacinas em dia: mesmo não tendo uma específica para coronavírus, existem vacinas para outras doenças que fortalecem o sistema imunológico
  • Higiene correta: lavar bem as mãos e usar álcool gel; e higienização dos ambientes
  • Etiqueta da tosse: recomendações sobre a forma de tossir e espirrar para evitar transmissões e contaminações
  • Não compartilhar utensílios com pessoas doentes
  • Lugares arejados: manter as janelas abertas e ventilando
  • Sono em dia: criar uma rotina e respeitar o corpo é fundamental para fortalecer o organismo

De olho nos sintomas

“O novo coronavírus aguenta ficar parado até 10 dias em um lugar quando está em uma temperatura baixa. A higienização reduz essa sobrevida para um dia”, justifica o especialista. Considerando que estamos em um país tropical durante a primavera, o calor está ao nosso favor no momento. Mesmo assim, é fundamental falar sobre o assunto, até porque, em São Paulo, o clima varia muito em um só dia. “É importante a capacitação dos professores também para perceberem a questão dos sintomas e alertar isso, além da conscientização dos pais, para deixar os filhos em casa, se estiverem doentes”. Conheça os principais sintomas:

  • Febre mais alta
  • Tosse que começa mais seca e evolui para uma com catarro
  • Desconforto respiratório, ou seja, falta de ar e dificuldade para respirar