Criança

Menino pede para dançar com o avô antes de entrar em cirurgia e o vídeo é de aquecer o coração

Kyu tem cinco anos e nasceu com uma malformação no cérebro

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Kyu dançou como se não houvesse amanhã (Foto: Reprodução/Facebook)

Um menino, de cinco, anos está chamando atenção de muita gente na Internet, ele implorou para que o avô fosse até um mercado e dançasse aleatoriamente horas antes de uma cirurgia importante no cérebro. Os problemas de Kyu San Juan começaram em 2017, quando ele teve a primeira convulsão.

Essa crise fez com que ele tivesse sequelas e ficasse por algum tempo incapacitado de fazer coisas básicas de criança. Os médicos do menino descobriram que ele nasceu com uma má formação nas veias do cérebro, isso faz com que as veias e artérias do menino não se cruzem da forma correta.

Por conta disso, ele precisou passar por uma cirurgia, mas que não foi o suficiente. Em junho de 2019, ele teve que fazer mais um procedimento. Alguns hospitais têm o costume de oferecer um pedido para a criança antes da cirurgia e não diferente com Kyu.

Mas o desejo dele surpreendeu a todos, ele simplesmente queria que o avô fosse até um mercado para que eles pudessem dançar juntos. A Mãe do menino postou o vídeo da coreografia dos dois e também do diálogo que eles tiveram antes de se preparem para o ‘show’.

Primeiro o avô pede para que a filha dele e mãe de Kyu trocasse as roupas do garoto, mas ele se recusou e foi de pijama mesmo. Quando eles chegaram ao supermercado o avô achou que seria apenas uma parada rápida, só que ele foi surpreendido.

“Vovô: Vocês precisam comprar alguma coisa?
Kyu: Não vovô, nós dançamos aqui no supermercado.
Vovô: Aqui? As pessoas vão pensar que somos loucos!
Kyu: Pessoas? Quais pessoas?
Vovô: Eu pensei que nós estávamos indo para uma festa ou um clube.
Kyu: Vovô, use sua imaginação. Você pode dançar em qualquer lugar!”

A mãe do menino também escreveu no Facebook que o Kyu está se recuperando muito bem da cirurgia, que ele já saiu da unidade intensiva e de que o procedimento ocorreu melhor até do que os médicos imaginavam. O avô, que não mora no mesmo estado que eles já embarcou e Kyu também já voltou para a casa com toda a família.


Leia também:

Bebês prematuros viram super-heróis em hospital e emocionam os pais

Carros elétricos levam crianças até a sala de cirurgia em hospital e fazem sucesso entre os pacientes 

Pai cria roupa de cama com jogos para as crianças brincarem no hospital durante a internação