Menino que foi morto por crianças e encontrado no rio já relatava situações de bullying pelos colegas

Júlio Henrique, criança de apenas 5 anos, saiu para brincar três amigos. Mas acabou sendo agredido e encontrado morto em um rio na zona rural de Marabá, sudeste do Pará

Resumo da Notícia

  • Menino de 5 anos é agredido pelos amigos após desentendimento
  • Ele foi encontrado morto e sem roupa no rio
  • A família desabafou sobre o caso

Na última quinta-feira, 17 de março, o corpo de uma criança de 5 anos foi encontrado dentro de um rio na zona rural de Marabá, sudeste do Pará. De acordo com investigações policiais, o menino foi agredido por duas crianças e um adolescente. Após os ataques físicos, tiraram as roupas do menino e jogaram o corpo na água.

-Publicidade-

Após o ocorrido, a família do garoto desabafou sobre o caso ao g1. “A família nunca esperava uma coisa dessa, estamos desolados”, afirmou Gisela Barbosa, tia de Júlio. “Ele era uma criança simpática, brincalhona, muito apegado à mãe, não sabia de perto dela. A gente não esperava perder ele tão pequeno, tão novinho, e da forma brutal como foi feito”, continuou.

Mãe procura polícia após descobrir que filho de 5 anos foi estuprado por fonoaudiólogo: “Em choque”
Criança de 5 anos é agredida e morta por três amigos (Foto: reprodução / Getty Images)

Além disso, a família também passou por dificuldades financeiras para conseguir organizar todo o velório da criança. De acordo com ela, foi necessário realizar campanha de amigos e moradores da cidade. “A família foi pega desprevenida, ninguém esperava que isso fosse acontecer, aí veio ajuda de amigos, do pessoal da cidade, amigos íntimos, pessoas se comoveram com a história”, disse.

Bullying

A família relatou que o menino tinha “medo” de uma das crianças que o agrediu. Ele costumava relatar que estava sendo incomodado por algumas “intimidações” vindas dele. “Um dos meninos morava na frente da casa O Henrique de vez em quando aparecia dizendo que estava com medo dele, que morria de medo dele, essa parte da historia a gente não sabia até tudo isso acontecer, mas nunca imaginava que ele ia fazer uma coisa dessa”, afirmou.