Criança

Menino que sonha em ter empresa aérea pede conselhos para “concorrente” e se surpreende com resposta

Alex estava com impasses em sua "empresa" e pediu ajuda a alguém mais experiente

Emily Santos

Emily Santos ,filha de Maria Teresa e Francisco

(Foto: Reprodução/Twitter/@qantas)

Alex Jacquot é um garoto australiano de 10 anos que sonha em abrir uma empresa de transporte aéreo. Pode parecer brincadeira de criança, mas o menino está muito sério, e ele deixou isso claro na carta que escreveu para Alan Joyce, o CEO da Qantas Airways, maior empresa aérea da Austrália.

Na carta escrita à mão para Alan Joyce, Alex conta seu grande plano profissional e explica que já sabe quais tipos de avião quer na frota de sua empresa, as rotas que planja fazer e revela até que já tem parte da equipe da empresa montada.

Além disso, o menino diz a Alan que sua empresa futura se chamará Oceania Express e, ignorando a “concorrência”, pede três conselhos profissionais ao mais velho.

(Foto: Reprodução/Twitter/@qantas)

“Primeiro, eu gosto de trabalhar na minha companhia aérea e como estou de férias da escola tenho mais tempo para trabalhar. Mas não tenho nada para fazer (que eu saiba). Você tem alguma ideia do que posso fazer? Já que você é CEO da Qantas, pensei em perguntar.

Segundo, você tem alguma dica de como começar uma companhia aérea? Eu ficaria muito grato de saber o que você tem a dizer.

Terceiro, estou pensando, assim como você, em um Airbus 350 de Sidney/Melbourne para Londres. Como é um voo de 25 horas, estamos tendo muitos problemas em pensar na solução para o sono. Você tem algum conselho?”

A carta foi assinada com o cargo oficial de Alex na empresa: “Espero ouvir de você em breve. Atenciosamente, Alex Jacquot, CEO e co-fundador da Oceania Express“.

E não é que o menino recebeu uma resposta do próprio Alan! E ele foi muito profissional e até falou como aquela situação era incomum. “Primeiramente, eu devo dizer que eu não tenho o costume de dar conselhos aos meus concorrentes. Seu novo diretor jurídico deve ter algo a dizer sobre isso, também”, escreveu.

(Foto: Reprodução/Twitter/@qantas)

Mas respondeu as perguntas de Alex. “Minha dica número um para começar uma companhia aérea é colocar segurança na frente e ao centro. E fazer tudo o que puder para tornar as viagens o mais barato e confortável possível para seus passageiros”, aconselhou.

“Para ajudar com o sono, nós estamos analisando desenhos de cabine diferentes, que possam dar às pessoas espaço para se esticarem e fazer exercícios”, sugeriu.

De acordo com informações do jornal “The Australian“, Alex também foi convidado para participar de uma reunião com Alan sobre o funcionamento da companhia.

Esperamos que o menino consiga realizar seu sono futuramente.

Leia também:

Menino fã da rainha Elizabeth envia carta para a Inglaterra e recebe resposta do Palácio Real

Menino autista escreve carta com pedido para prefeito e recebe a melhor resposta

Carros elétricos levam crianças até a sala de cirurgia em hospital e fazem sucesso entre os pacientes