Criança

Michelle Obama conta quais são os livros infantis que ela costumava ler para as filhas

Dá para você encontrar alguns exemplares aqui no Brasil!

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Michelle Obama em sessão de autógrafos (Foto: Reprodução/Instagram @michelleobama)

A ex-primeira dama americana, Michelle Obama, já declarou sua paixão pela leitura e até escreveu alguns livros. Em entrevista à Jenna Bush na última semana, Michelle revelou quais eram os livros infantis que lia para as filhas durante a infância das meninas e se mostrou bastante clássica nas escolhas.

Michelle tem duas filhas com o marido Barack Obama, Malia Ann Obama, de 20 anos, e Natasha Obama, de 17. A escritora e advogada americana sempre se mostrou preocupada com a educação e cultura das crianças do mundo inteiro.

Ela disse que o primeiro personagem que lembra que amou quando criança foi Pippi Longstocking, criada pela sueca Astrid Lindgren: “Eu era realmente fascinada por aquela garotinha forte que era o centro de tudo, e ela era quase mágica”.

A antiga primeira dama, comentou que o tempo de leitura com as filhas consistia em títulos como: Goodnight Moon, (Boa noite, Lua) de Margaret Wise Brown, ou “qualquer livro do Dr. Seuss” (Theodor Seuss Geisel, que escreveu vários ícones no mundo dos livros infantis americanos).

Em português você pode achar os livros dele com os nomes: “Ah, os pensamentos que você pode pensar”; “Ah, os lugares que você irá” e “O gatola da cartola” e “Como Grinch robou o natal”. Michelle acrescentou sobre as escolhas de Barack Obama: “Onde estão as coisas selvagens” de Maurice Sendak.

Durante o tempo em que foi a primeira dama, ela também leu alguns livros em eventos: Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso (que já virou filme);  Brown Bear, Brown Bear, What Do You See? (“Urso marrom, urso marrom, o que você vê?” Está disponível apenas em inglês).

As “Aventuras de Pi” e as “Vinhas da Ira” também foram alguns dos livros que Michelle releu com as filhas já adultas no final do ano passado

Leia Também: 

Michelle abre o jogo e fala sobre crise no casamento com Obama

Michelle Obama relembra dificuldade para engravidar: “Não sabia como eram abortos”

Michelle Obama faz discurso emocionante sobre aborto que sofreu: “Me senti perdida e sozinha”