Criança

Mulher dá à luz bebê saudável depois de passar por quimioterapia

Ela estava com câncer de mama

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

A mulher com o filho (Foto: Reprodução / Today)

Apenas alguns meses depois que Jade Devis descobriu que estava grávida, a mulher notou que estava com um ‘caroço’ no peito. Era um câncer de mama. Foi o começou que forçou a mãe a fazer quimioterapia junto da gravidez.

“Eu me senti presa. A única saída era fazer a única coisa que eu pensava que não deveria fazer, que é colocar meu bebê em perigo.Você normalmente acha que eles estão seguros na sua barriga, mas no meu caso, ele não estava”, disse a mulher ao TODAY.

Tudo começou quando estava tendo muitas dores nos seios. A família e o médico disseram que era normal durante a gravidez, mas em fevereiro, ela notou um inchaço oval no peito esquerdo. Os especialistas insistiram que era um duto de leite entupido e recomendaram que fizesse um acompanhamento de seis meses, mas ela quis fazer uma biópsia.

“Eu não estaria aqui hoje se não pedisse a biópsia”, disse ela. “Se eu seguisse as recomendações do médico, estaria morta. Foi um tumor tão agressivo”. O diagnóstico mostrou que estava no estágio 2 do câncer de mama triplo negativo, uma forma rara e agressiva da doença. O tumor foi removido durante uma mastectomia em abril de 2019.

Depois ela iniciou a quimioterapia e alguns médicos disseram que a saúde de Devis era uma prioridade e que bebê era muito jovem para salvada. Foi-lhe oferecida a opção de interromper a gravidez, mas a mulher recusou.“Eu não deixaria ninguém me contar seu destino. Eu faria todo o possível para salvar o bebê. Eu não deixaria uma doença tirar o bebê de mim ”, ela lembrou.

Davis deu luz bebê saudável! Em julho de 2019, Bradley veio ao mundo. “Eu senti como se estivesse prendendo a respiração o tempo todo, quando ele estava preso na minha barriga e eu tive que ir à quimioterapia”, disse ela. “Estou feliz que ele esteja fora da minha barriga. Ele está seguro agora”, disse a mãe.

Ainda assim, Devis está preocupada com a possibilidade do menino nascer com autismo ou outro problemas, pois ele sofreu tantos tratamentos e estresse quanto o carregava. A mulher continuará com a quimioterapia até novembro.

Leia também:

Filha mais velha de Heloísa Perissé comemora cura do câncer da mãe: “O sucesso era certo”

Criança com câncer tem perna reimplantada ao contrária e motivo é inacreditável

Superação: filho de Roberto Carlos vence luta contra o cancêr