Criança

O projeto “Música em Família” defende que os sons ajudam no desenvolvimento infantil

Conversamos com Paula Santisteban e Eduardo Bologna, fundadores da iniciativa

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

educação musical-música-família

Batemos um papo com Paula Santisteban e Eduardo Bologna, cantora e escritora e cantor e compositor, respectivamente, e casados. Os artistas foram atrás do que acreditam, unindo-se pelo bem da educação infantil. Ambos são pais da Estela e iniciaram o projeto ‘Música em Família’ por causa da filha. Dá uma olhada:

O que motivou vocês a fazerem esse projeto?

Nós tínhamos uma banda juntos, tocávamos juntos em espaços de cultura e arte e começamos a pensar em algo que pudéssemos fazer para ficar mais perto da nossa filha, porque a gente tocava muito à noite… Eu dava aula, desde a Educação Infantil até o Fundamental I e tinha muita vontade que as crianças tivessem acesso à música como tivemos, porque somos filhos de artistas, de professores de instrumentos, maestros e a música estava em nossa casa, em nossa sala sempre.

O que é o “Música em Família”?

O Música em Família existe desde 2003, já esteve em mais de 400 escolas do Brasil, 150 mil livros vendidos e é uma ideia que une criança, família e escola por meio da música e das artes, que é o que acreditamos que toca as pessoas de alguma forma. Acreditamos na educação pelo sensível. E apesar de estarmos em um mundo tecnológico que está andando tão rápido, pensamos que esse tempo da criança deve ser respeitado e uma educação verdadeira está relacionada ao encontro com a natureza, com o coletivo e com as amizades.

Qual foi o primeiro livro de vocês?

Nosso primeiro livro foi o ‘Receita de Felicidade’, um projeto sobre gastronomia e a qualidade do tempo que as pessoas passam juntas. Conversamos com desde chefes de cozinha até psicólogos e eles falavam que era na mesa que conversavam sobre assuntos importantes da vida. Mas quando as pessoas têm sentado em uma mesa para conversar? Às vezes, a criança entra cedo na escola e sai à noite, não tendo um tempo com a família, ou então quando a família vai a algum restaurante fica todo mundo no celular. Então elaboramos um projeto muito lindo; caso você queira ouvir está no SoundCloud e é gratuito, tanto as músicas quanto os poemas.

E esse método que vocês desenvolveram, as escolas que aplicam?

Sim, efetivamente esses livros são usados dentro da escola, porque desenvolvemos, com muito carinho, um manual para professores que valorizam esse tipo de educação, na qual acreditamos ser a educação do futuro. É uma educação de resgate do brincar, de espaços para a criança, de sair da sala de aula, de trazer a família para dentro da escola. E o método tenta englobar todas as disciplinas. Nas receitas, por exemplo, entra matemática ou gêneros textuais. Além disso, cada projeto tem um texto, uma música, ideias de interação com a escola e com a família.

Para saber mais sobre esse projeto, vem ver nossa entrevista com eles:

Leia também:

Aula de música é importante, sim! E a gente pode provar

5 instrumentos musicais que você pode fazer em casa

O poder da música: cantar com seu filho fortalece o relacionamento entre vocês