Criança

O que você deve saber antes do seu filho começar a pré-escola

Se o seu filho está começando a pré-escola e tem dificuldades com a nova rotina, siga essas estratégias para dar tchau sem cair no choro

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

preescola

Foto: istock

O começo da pré-escola é um marco histórico que geralmente é antecipado com grande entusiasmo e alegria, mas também com muito choro, incertezas e birras – por parte das crianças e dos pais! “Para as crianças, a principal fonte de ansiedade em relação a entrar na pré-escola é que eles não tem absolutamente nenhuma ideia do que esperar”, conta Katrina Green, uma professora de educação especial para crianças em um programa no Brooklyn, Nova York, o Just We Two. “Eles passaram os últimos três ou quatro anos aprendendo as regras e rotinas da família e eles não estão familiarizados com coisas as coisas novas que vão encontrar. Para os pais, a principal fonte de ansiedade é a preocupação de que o seu filho se sinta abandonado”. Leia abaixo as melhores maneiras para você e o seu filho não sofrerem com a separação e começar com sucesso essa nova aventura – juntos e separados!

Seja firme

Muitas mães podem ver que seus filhos tiveram uma primeira reação ruim com a pré-escola e imediatamente decidem tirar ele da classe. Mas essa é uma má ideia: “Isso nega ao filho a oportunidade de aprender a trabalhar com sentimentos negativos e coloca precedentes de não ter que encarar problemas”, explica Green. Ao invés disso, firmeza é essencial quando se trata de tornar a pré-escola parte da nova rotina do seu filho. Mantenha as despedidas curtas e carinhosas para que seu filho saiba o que esperar mas não prolongue sua partida. Quando você for busca-lo no final do dia, reforce a ideia de que você voltou, assim como você tinha dito que faria. Dessa maneira, o tchau de todo dia não vai parecer que vocês dois estão começando uma despedida triste e cheia de lágrimas mais uma vez.

Mantenha o professor envolvido

O professor da pré-escola do seu filho será uma pessoa calorosa, carinhosa e experiente, capaz de antecipar as necessidades de seus alunos. Mas como ela é nova para você também, converse com ela sobre as informações necessárias que vão ajudar ela e seu filho a se conhecerem melhor.  “Eu acho útil saber o máximo possível sobre como é a rotina de uma criança para tornar essa transição mais fácil”, Green diz. “Os padrões que existem para comer, dormir e ir ao banheiro são tão importantes quanto saber qual é a sua cor favorita, quais jogos eles gostam de brincar ou qual música eles gostam de cantar. Isso também ajuda a saber quais técnicas a família usa para acalmar a criança quando ela está se sentindo triste ou ansiosa”. Tenha certeza de informar o professor sobre problemas como alergias à alguma comida.

Separe um objeto de conforto

Deixe que seu filho leve alguma coisa de casa que o ajude com a separação e a ida para a pré-escola. Se ele não tem uma boneca favorita, um livro que ele