ONG lança clipe musical com crianças em vulnerabilidade para promover terapia com animais

A ONG Conecta foi criada em 2021 pela médica veterinária Dani Gurgel, e promove a terapia com animais para crianças em vulnerabilidade. Agora eles decidiram lançar um clipe musical explicando como funciona o processo que estão vivendo lá dentro

Resumo da Notícia

  • Animais podem ajudar crianças em vulnerabilidade sim!
  • Segundo a médica veterinária Dani Gurgel o acolhimento sem preconceito dos animais ajuda no desenvolvimento das crianças
  • A ONG Conecta criou um clipe musical explicando como funciona o processo que estão vivendo lá dentro

A ONG Conecta decidiu investir em animais como forma de terapia para ajudar crianças em vulnerabilidade. Criada em 2021 pela médica veterinária Dani Gurgel, ela vem realizando um trabalho único no Brasil, a TAA (Terapia Assistida por Animais de Fazenda).

-Publicidade-

Baseada em uma iniciativa norte-americana chamada ‘Green Chimneys’, na Conecta, situada na cidade de Itu, interior de São Paulo, os animais são parte integrante do processo de tratamento realizado por equipes multidisciplinares. “Nosso questionamento era: qual o valor, tangível e intangível, de ressignificar uma vida, especialmente na infância? Em que este processo pode ser transformador? “, disse Dani Gurgel.

A ONG Conecta promove a terapia com animais
A ONG Conecta promove a terapia com animais (Foto: Arquivo Pessoal)

Com tamanha eficácia – mais de 85% de melhoria significativa nos tratados, partiu das crianças a criação de uma música do que significa o processo que estão vivendo. Nasceu aí o primeiro clipe criado por eles da ONG Conecta. Uma obra co-criada com a compositora Claudia Amorim, a partir de frases espontâneas das crianças em processo de Terapia Assistida por Animais na ONG, que tornaram-se verdadeiras frases de efeito. O ritmo é híbrido entre funk e rap e traz uma sincera emoção ao tornar crianças até então “desacreditadas” pela sociedade em autores e criadores de uma nova história.

“Nosso questionamento era: qual o valor, tangível e intangível, de ressignificar uma vida, especialmente na infância? Em que este processo pode ser transformador? “, disse Dani Gurgel. A Conecta surgiu a partir destas dúvidas e da busca de respostas para um recorte especial e significativo da infância no Brasil: crianças em situação de alta vulnerabilidade social, alvos de violência, abusos, negligência ou abandono e crianças com transtornos psicológicos que comprometem o cognitivo, como depressão, TOC ou autismo, entre outras deficiências.