;
Criança

Oscar 2019: filme sobre morte de criança é indicado e mãe desabafa sobre não ter dado autorização

"Estou enojada", escreveu em seu Twitter

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

O ator que interpreta o menino que morreu (Foto: Reprodução / Youtube)

O curta-metragem indicado ao Oscar 2019, “Detainment”, foi muito elogiado pela acadêmia, mas não agradou todos os públicos. O filme é baseado em uma história real  que aconteceu em Londres em fevereiro de 93. No caso, James foi assassinado por dois meninos de 10 anos usando tijolos e uma barra de ferro. O garoto foi encontrado dois depois em uma linha férrea por policiais. O crime fez com que a maioridade penal do país mudasse de 14 anos para 10.

No curta, fora as entrevistas da polícia com os assassinos de James Bulger serem reconstituídas, a morte do garoto também foi encenada e a mãe dele não gostou disso. A mulher, Desine Fergus, escreveu no Twitter como estava sentindo sobre isso. “Eu não consigo expressar como estou enojada e chocada por esse filme ter sido feito e agora indicado ao Oscar”, escreveu Denise em sua conta no Twitter.

“Uma coisa é fazer um filme como esse sem contatar ou pedir permissão à família de James e outra é ter uma criança encenando as últimas horas de vida dele, os momentos que antecederam o seu assassinato brutal, e fazer a mim e a minha família reviver tudo isso!”, concluiu.  O filme foi produzido pelo diretor inglês Vicent Lambe, ele escreveu um comunicado a imprensa pedindo desculpa a família por não ter avisado a família sobre o filme e “por qualquer mal estar que o curta possa ter causado”.

Na internet, está rolando uma petição que já conta com mais de 105 mil assinaturas para apoiar a mãe, Denise, e tirar nomeação ao Oscar do curta.

Leia também:

10 filmes de Natal para você assistir com seu filho já 

“Assistir a filmes e séries com os filhos pode ser um baita programão”, aconselha Marcos Piangers

Netflix: veja os filmes que entram em janeiro para você aproveitar as férias com seu filho