Pediatras fazem alerta por complicações do coronavírus em crianças e relatam novos sintomas

Os médicos do Reino Unido comunicaram o problema após notar o aumento de casos nas últimas três semanas e relacionaram o caso à contaminação por covid-19

Resumo da Notícia

  • Os sintomas foram observados com mais frequências nas últimas semanas
  • Os pediatras do Reino Unido fizeram um alerta sobre o problema
  • O caso é parecido com o da Síndrome do Choque Tóxico e da Doença de Kawasaki
  • A maioria das crianças com os sintomas apresentaram contaminação por coronavírus
A febre alta é um dos sintomas (Foto: iStock)

O Sistema Nacional de Saúde (NHS) e os pediatras do The Royal College of Paediatrics and Child Health, no Reino Unido, fizeram um alerta sobre outros sintomas, observados apenas nas crianças, do novo coronavírus. De acordo com o The Guardian, apesar do número ainda ser pequeno, foi notado uma inflamação multissistêmica com sintomas semelhantes aos da gripe. Vale lembrar que a maioria das crianças testaram positivo para o covid-19.

-Publicidade-

De acordo com o NHS, os sintomas são os da Síndrome do Choque Tóxico e da Doença de Kawasaki. “Os casos têm em comum a sobreposição de sintomas da Síndrome do Choque Tóxico e Doença de Kawasaki com parâmetros sanguíneos consistentes com Covid-19 severo em crianças”, explicaram os médicos.

Manchas avermelhadas na pele também foram apresentadas como um sintoma (Foto: GettyImage)

O que assemelha os dois problemas de saúde são: dor no abdômen e músculos, diarreia, náuseas ou vômito, descascamento e erupções na pele, febre alta, fadiga, língua inchada, avermelhada e com caroços, dificuldade em respirar e ainda a pressão baixa. O aumento dos casos com os sintomas começou a ser percebido nas últimas três semanas, em crianças de todas as idades.

-Publicidade-

Os pediatras ficaram em alerta com a situação e desabafaram: “Existe uma crescente preocupação que uma inflamação relacionada ao Covid-19 está acontecendo entre crianças no Reino Unido ou que pode haver outro patogênico infeccioso associado a esses casos”. Eles reforçaram também que caso as crianças apresentem os sintomas, é importante ir ao médico imediatamente.

-Publicidade-