Princesa árabe pede ordem protetiva contra casamento forçado dos filhos depois de fugir para Inglaterra

Haya Bint Al Hussein é mãe de Zayed e Al Jalila

Haya Bint Al Hussein junto ao ex-marido (Foto: Getty Images)

A princesa Haya Bint Al Hussein se viu em uma decisão difícil quando precisou fugir dos Emirados Árabes, onde morava com sua família, para se refugiar na Inglaterra junto com seus filhos de 7 e 11 anos. A herdeira é filha do antigo rei Hussein e meia-irmã do atual monarca do país árabe, Abdullah II. Em 2004, ela se casou com Mohammed, de quem provavelmente está fugindo atualmente. Ninguém sabe ao certo o motivo de Haya ter saído de sua casa, mas suspeitam que tem algo a ver com o fato de não se sentir segura em Dubai depois de descobrir alguns segredos de família.

-Publicidade-

Apesar de já estar em segurança, Haya ainda tem medo do que pode acontecer com seus filhos Zayed e Al Jalila. As crianças estão com ela na capital inglesa, provavelmente em uma das ruas mais nobres no centro da cidade de Londres. Kensington Palace Gardens,  em uma casa avaliada em 85 milhões de libras, cerca de 412 milhões de reais.

Haya decidiu proteger seus filhos de todas as formas e entrou com uma pedido na Supresa Corte Inglesa pedindo uma ordem de proteção para Zayed e Al Jalila para evitar que um deles possam ser forçados a se casar no futuro, prática comum nos países árabes. Na lei inglesa, a ordem além de impedir que pessoas se casem contra a vontade, também ajudam homens e mulheres que já estão em um matrimônio forçado.

-Publicidade-
Haya Bint Al Hussein na audiência (Foto: Getty Images)

Além disso, a princesa também pediu ajuda da justiça da Inglaterra para que eles assumam a custódia do filho mais novo, assim, o tribunal se torna responsável legal da criança e decidem as decisões mais importantes ligadas ao futuro da criança, proibindo o pai biológico de assumir tal função. Os pedidos não pararam por ai! Haya entrou com outra solicitação para proteger os filhos de possíveis assédios ou ameaças, mas ninguém sabe ao certo a quem está relacionado o pedido da mãe. Que situação difícil!

De acordo com a CNN britânica, o Sheikh Mohammed se opõe aos pedidos e entrou com uma solicitação no tribunal para que eles ordenem o retorno de seus filhos a Dubai, onde ele mora. Ainda de acordo com publicações, a embaixada dos Emirados Árabes Unidos em Londres não quis comentar sobre o caso e as “alegações sobre a vida privada de indivíduos”. A agência Reuters também procurou os representantes legais do Shake, mas eles não quiseram dar maiores informações.

Leia também: 

Você vai ficar em choque ao saber quantas babás Kate Middleton tem

Kate Middleton e Príncipe William levam os filhos para passeio diferente e George rouba a cena

Kate Middleton revela qual é foto favorita dela com George e também se tornou a nossa

-Publicidade-