Professor conta que está com depressão e alunos fazem a melhor surpresa

O profissional fez uma publicação nas redes sociais para agradecer o carinho

A atitude mudou a visão de André (Foto: reprodução/Instagram)

Os professores são responsáveis por educar e dar lições incríveis para as próximas gerações e também foi, dentro da sala de aula, que os papeis se inverteram em Angra dos Reis (RJ) quando os alunos retribuíram todo o carinho pelo aprendizado.

-Publicidade-

André Luiz Pereira é professor de Geografia na Escola Municipal Prof. José Américo Lomeu Bastosem e foi surpreendido pelos alunos após assumir em um dia que estava passando por uma depressão. “Uma dica aos que lecionam: sempre joguem limpo com suas alunas e alunos. Fiz isso: em um momento de seriedade e dando uma bronca na turma, pedi que tivessem paciência comigo, em razão de momentos que a depressão tem me derrubado nesse ano – muitas perdas pessoais, profissionais, econômicas, sociais e políticas – e me deixado mais irritado”, explicou no Instagram.

O profissional só não esperava que a sensibilização da classe fosse ser tão grande. Os estudantes montaram uma festa surpresa e lotaram a sala de aula com mensagens de apoio e força: “Seja forte, não importa o que aconteça. Você é um exemplo em nossas vidas”, “Você é muito forte e vai sair dessa, confie”, “Nós te amamos, professor!”, foram alguns dos recados.

-Publicidade-
Para ele, tratar os alunos como seres humanos faz toda a diferença (Foto: reprodução/Instagram)

“Quando tratamos nossos alunos como humanos, considerando toda sua humanidade, o retorno é humanizado. Mesmo com todas as minhas falhas e limitações, eles deram amor”, explicou e disse que esse foi mais um ensinamento da sua profissão.

O professor agradeceu a todos, desde os diretores até colegas de trabalho: “Gente, vocês não imaginam como isso é fantástico. Não tenho adjetivos para definir esse momento. Muito bom estar num local que não aumente a intensidade de minha doença”.

Ele também aproveitou para deixar um agradecimento especial para os estudantes: “Vocês me deram não somente coragem, mas também esperança e a certeza de que estou no rumo certo – apenas precisando de uns ajustes – e confirmando que O AMOR VENCERÁ TODO ÓDIO e essa onda maléfica que estacionou em nossa realidade. Muito obrigado. Amo vocês de verdade. Vocês ressignificaram completamente”.

Leia também:

Professor ajuda aluno cadeirante a jogar capoeira e emociona

Menino de 9 anos usa dinheiro do cofrinho para ajudar professora

Escola não é só brincadeira: o papel do professor na educação durante a primeira infância

-Publicidade-