Professor devolve cartas da “Máquina do Tempo” de ex-alunos mais de 20 anos depois

O professor de História e Geografia, Antero Macedo, promoveu o reencontro dos estudantes em um colégio, em Fortaleza

Resumo da Notícia

  • Um professor decidiu fazer um projeto de "cápsula do tempo" com os alunos
  • Entre 2000 e 2014, ele reuniu 1.200 cartas contando desejos e vontades dos estudantes
  • Anos depois, ele pôde devolver as cartas para os donos

O professor de História e Geografia, Antero Macedo, de 65 anos, teve uma ideia muito bacana para realizar com os alunos em Fortaleza. Entre 2000 e 2014, ele pediu que os estudantes com quem trabalhava escrevessem no papel os desejos e ideias que tinham para o presente e futuro.

-Publicidade-
Professor decide entregar para ex-alunos cartas que escreveram há mais de 20 anos sobre desejos (Foto: Freepick)

Depois disso, ele colocava as cartas em uma “cápsula do tempo”, ou seja, uma caixa de isopor. Na época, segundo o portal Só Notícia Boa, os alunos tinham entre 13 e 16 anos. E depois de tantos anos, finalmente, no dia 4 de dezembro de 2021, as mensagens foram devolvidas para os devidos donos.

O projeto foi nomeado de “Máquina do Tempo” e reencontro aconteceu no Colégio Joviniano Barreto. Lorena Brunet, uma ex-aluna de Antero, que está com 25 anos foi uma das pessoas que releu a própria carta e se surpreendeu ao se deparar com uma lista de filmes que ela deveria assistir, assim como uma foto, pôster da série “Rebeldes” e uma boneca Bratz.

“Hoje, trabalho com parte criativa. Ao rever tudo, percebi o quanto já era criativa. Coloquei de tudo lá dentro: desde pedaços de coisas que usava na época, embalagens de perfume e caixinha de um lanche do colégio”, comentou a fotógrafa em entrevista ao Diário do Nordeste.

A mulher ainda contou que realizou dois dos cinco pedidos que fez, o de ser feliz e ter um irmão. Das 1.200 cartas que o professor guardou, cerca de 500 foram devolvidas, por isso, ainda faltam pessoas para rever.