Professora cria táticas divertidas com Pop-It para ensinar alunos durante as aulas

Josiane Leite, professora do Mato Grosso do Sul, utilizou formas diferentes de ensino para sair da monotonia das aulas e interagir melhor com os alunos

Resumo da Notícia

  • Pedagoga utiliza maneiras divertidas para interagir os alunos durante as aulas
  • Ela compartilha as ideias nas redes sociais e tem sido referência em Campo Grande (MS)
  • Além da diversão nas aulas, ela também faz biscoitos para dar incentivo e agradar as crianças

Professora criativa! A pedagoga, Josiane Leite, de 35 anos, resolveu sair um pouco da monotonia das aulas, utilizando biscoitos e o brinquedo Pop-It para ensinar os alunos de forma criativa e divertida. Ela viralizou após compartilhar as ideias nas redes sociais e tem sido referência nas escolas desde o ano passado, em Campo Grande (MS), onde vive.

-Publicidade-
Professora usa Pop-It para interagir os alunos na aula de forma divertida
Professora usa Pop-It para interagir os alunos na aula de forma divertida (Foto: Reprodução / Instagram / @profjosileite)

Josiane adotou a tática “Pop It Silábico”, brinquedo em alta que ajuda as crianças ficarem mais tranquilas, quando estão muito agitadas. Ela o transformou em um mural silábico, para conseguir uma atenção maior dos crianças e ajudando-as a montar palavras no quadro. “Eu tinha que ensinar as crianças a formarem palavras, aí inventei esse mural. Por ser um brinquedo que elas tinham intimidade, a aprendizagem ficou muito mais simples”, afirmou a professora ao jornal Campo Grande News. “É perceptível, eles fazem sem cobrança, é por pura diversão”, continuou.

Professora oferece biscoitos aos alunos como forma de carinho e incentivo
Professora oferece biscoitos aos alunos como forma de carinho e incentivo (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal / Campo Grande News)

Além do brinquedo, a pedagoga também fez biscoitos para agradar e incentivar as crianças. “Fiz biscoito comestível e nele, escrevi palavras de incentivo”, disse. A atitude inspirou aos pais e profissionais da educação a fazerem o mesmo.