Professores compartilham histórias bizarras que já ouviram dos alunos: “Não soube como reagir”

Saber manter a seriedade quando escuta essas “pérolas” é bem complicado. Eles contaram tudo de mais estranho que já ouviram

Resumo da Notícia

  • Professores compartilham histórias bizarras que já ouviram dos alunos
  • Os relatos foram feitos em uma redes social
  • Veja o que eles falaram

Trabalhar como professor de criança não é nada fácil. Além de ter que ensinar, controlar os ânimos daqueles alunos que não param sentados, as vezes esses profissionais se deparam com relatos um tanto quanto íntimos ou estranhos. Saber manter a seriedade quando escuta essas “pérolas” é bem complicado. Um usuário do Reddit começou a pensar sobre esses relatos e decidiu pedir para que os professores contassem coisas que já ouviram na sala de aula. O jornal BoredPanda reuniu algumas delas e o resultado provavelmente te fará rir – e ficar um pouco desconfortável.

-Publicidade-
Eles já ouviram muitas pérolas! (iStock)

Meus pais são irmãos?

“Certa vez estava dando aula e estávamos falando sobre famílias. Meu aluno começou a falar e disse que a mãe e o pai dele tinham os mesmos pais. Pedi que ele esclarecesse porque não tinha entendido o que ele estava querendo dizer, e então ele disse: “Eu só tenho um par de avós, que são os pais do meu pai e da minha mãe”. Eu mudei rapidamente pro próximo aluno para que ninguém percebesse que aquela criança tinha acabado de falar que os pais eram, na verdade irmãos. No dia seguinte fui falar com ele sobre o assunto em particular e ele falou que na verdade ele tinha confundido e que os pais não tinham os mesmos pais, mas que sim tinham um pai em comum. Ainda assim fiquei confusa, mas tempos depois a mãe dele me chamou para explicar e contou que o padrasto idoso dela havia se casado com a mãe do marido. Ainda achei estranho, mas menos pior”.

Uma brincadeira trágica

“Um dia propus para meus alunos para brincarmos de ‘duas verdades, uma mentira’. Um jogo em que as pessoas falam 3 frases e os outros precisam adivinhar qual é a mentirosa. Foi então que uma aluna se levantou e disse:  “Nunca saí do país. Sou gêmea. Adoro praticar esportes“. Eu conhecia essa garota há um tempo e sabia que ela não tinha uma irmã gêmea, então escolhi essa. Foi aí que descobri que ela tinha um gêmeo siamês que morreu no útero e teve que ser removido cirurgicamente e por isso ela não tinha a última vertebra. A brincadeira acabou na hora e eu fiquei sem saber como reagir”.

-Publicidade-
Professores compartilham histórias bizarras que já ouviram dos alunos (Foto: iStock)

Estou aqui há muito tempo

“Eu trabalho com pré-escolares (faixa etária 3-5 anos). Um dia pedimos às crianças que nos contassem uma coisa que os tornava especiais. A maioria era bem normal (sou muito boa em desenhar, tenho duas irmãs mais velhas, etc.). Tudo estava indo muito bem até que uma garotinha – super fofa e doce – olha seriamente nos meus olhos e responde: “Eu estive aqui desde sempre. Já vi o mundo inteiro e sei tudo”. Ela falou em um tom sério e muito assustador. Sabendo que ela estava brincando pedi para ela falar mais sobre isso, achando que ela iria desmentir, então ela continuou e contou que ela “veio da areia” e estava frustrada porque não poderia falar muito sobre o assunto. Eu não costumava acreditar em vidas passadas, mas agora não tenho tanta certeza”.

Uma traição revelada

“Estava dando aula na primeira série quando uma aluna me contou que gostava de passar mais tempo com a ‘amiga especial’ do pai do que com a mãe, porque a ‘amiga especial’ comprava vários presentes desde que ela não falasse com a mãe sobre ela. Dois meses depois estava em uma reunião de pais e mestres quando descobri que o pai da garota estava traindo a mãe e a mãe não tinha nem ideia… o pai não tinha ideia de que eu já sabia”.

Sinceridades trágicas

“Eu trabalho em um centro de natureza como professor informal. Uma vez eu estava brincando com um aluno que tinha uns 6 ou 7 anos com um boneco de ação, então ele disse: “Eu tinha um boneco igual, mas ai minha casa pegou fogo”. Tempos depois estava explicando para uma aula o que eram os signos do zodíaco e, quando comentei sobre o Câncer, outro aluno chegou na conversa e falou “Eu tive câncer por 2 anos”.

-Publicidade-