Projeto permite que crianças sejam autoras dos próprios livros infantis

O SuperAutor possui como objetivo incentivar a criatividade e autonomia das crianças dentro e fora de casa através da arte, da leitura e, principalmente, da escrita.

Resumo da Notícia

  • O SuperAutor é um projeto que permite que crianças escrevam e ilustrem os próprios livros infantis
  • Em conversa com a Pais&Filhos, Pedro Gigante - fundador e CEO do projeto - falou da importância desse tipo de ação para o desenvolvimento das crianças
  • Além da possibilidade de criarem, as famílias dos pequenos também podem se envolver no processo. Confira os detalhes!

Crianças que são incentivadas a usar a criatividade desde cedo se tornam adultos mais seguros, responsáveis e felizes. Pelo menos, é isso que defende o SuperAutor: um projeto que permite que os pequenos escrevam e ilustrem as próprias histórias infantis do começo ao fim.

-Publicidade-

Por meio de uma plataforma, as crianças são capazes de enviar seus desenhos e suas obras para a produção de um livro – tanto impresso, quanto digital. Para Pedro Gigante, fundador e CEO do projeto, esta é uma maneira de incentivar algo que ele mesmo não teve na infância: o gosto pela leitura.

“Sempre subestimei a importância e o poder da leitura. Só depois dos 30 anos consegui criar um hábito real de leitura e isso foi fundamental para minha vida. Mudar o relacionamento das crianças com a leitura e a escrita é fundamental para ajudar a criar esse hábito e não cometer o mesmo erro que eu cometi”.

Por causa disso, em conversa exclusiva com a Pais&Filhos, Pedro ainda admite que a criação de um projeto que dê voz aos pequenos por meio da escrita é muito importante para garantir um futuro melhor.

As família também participam do processo de criação
As família também participam do processo de criação (Foto: Divulgação)

“Uma criança protagonista de seu processo de ensino e aprendizagem tem muito mais autoestima para entender que, por meio da educação, é possível alcançar seus sonhos e objetivos. Protagonismo e autoestima são habilidades que podem ajudá-la a decidir e guiar seu futuro. Coragem para decisões e menos medo de julgamentos geram autenticidade e identidade”, confirma.

Além do impacto desta atividade na educação das crianças, pais e filhos também são afetados pelo processo. Isso porque, ao longo da produção, é possível que as famílias participem da criação da biografia do autor e seleção de fotos que mostrarão o rosto por trás daquela história.

“Temos famílias em que o livro escrito e ilustrado pelo pequeno SuperAutor foi o primeiro livro adquirido pela família. Faz ideia do impacto que isso tem na vida dessa família?!”, conta Pedro. “Quanto de incentivo existe ao hábito da leitura e de seus benefícios”.

Como participar?

O SuperAutor possui parcerias com escolas, na quais as turmas fazem as produções em sala de aula e são supervisionadas pelos professores – que, além de atuarem no ensino da escrita, também revisam os textos e todo o conteúdo. “O engajamento e rendimento escolar dos alunos é o ponto que mais revela a importância do projeto para o processo de ensino em sala de aula. Atividades lúdicas e inovadoras como estas, que convidam a criança a realizar algo do zero, de forma autônoma, impactam positivamente todas as demais atividades em sala de aula”, confirma Pedro, sobre os impactos do projeto dentro da escola.

Mas, para as família interessadas em acompanhar de perto o crescimento e desenvolvimento das crianças, existe o “SuperAutor em casa” – no qual pais e mães podem comprar a versão do livro para os filhos.

Alunos participam de uma sessão de autógrafos com os professores!
Alunos participam de uma sessão de autógrafos com os professores! (Foto: Divulgação)

“Nosso projeto também atua na dor de não ter um tempo de qualidade com o filho, e fazemos isso através de atividades práticas”, relembra ainda o criador. “Quando o pai separa um tempo para escrever a biografia do filho ou quando a família se reúne para conferir o e-book e sonhar com o livro impresso, eles compartilham momentos especiais que farão a diferença no relacionamento de todos – e tudo isso será eternizado através da concretização do livro”.

Uma criança que tem a criatividade incentivada desde cedo garante um futuro melhor. E, sobre isso, Pedro ainda finaliza: “Uma educação sem a promoção da autonomia, liberdade de expressão e do pensamento crítico, não cumpre seu papel social. As crianças precisam ter espaços onde elas possam expressar suas ideias e sentimentos e, por meio de projetos de letramento como o SuperAutor, a criança encontra um espaço neutro, lúdico e divertido para deixar sua marca no mundo, sem o peso de uma avaliação. Incrível! Você pode conferir o site do SuperAutor clicando AQUI.