;
Criança

Que absurdo! Padre é acusado de pedofilia por abusar de cinco garotos menores de idade

Leandro Ricardo é reitor da Basílica de Santo Antônio

Izabel Gimenez

Izabel Gimenez ,filha de Laura e Décio

Padre é suspenso depois de ser acusado (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

No domingo (27), a suspensão de um padre gerou polêmica nas redes sociais. Leandro Ricardo, reitor da Basílica de Santo Antônio, em Americana, foi acusado de assediar menores de idade. O caso foi descoberto através de uma investigação do Ministério Público que ainda investiga a denúncia do dom Vilson Dias de Oliveira, bispo da Diocese de Limeira.

As informações foram reveladas pelo jornal Folha de S. Paulo que afirmou ter encontrado quatro vítimas e os respectivos parentes. De acordo com a reportagem, o padre abusou de cinco garotos. Um dos pais conta que o filho, que hoje tem 17 anos, começou a ajudar nas missas em 2015 e o padre tinha um tratamento fora do comum, como abraços e carinhos indevidos com o garoto.

Ele relembra que o menino chegou a ter depressão e apresentar quadros traumáticos. A família teve que trancar um comodo da casa onde guardavam material de jardinagem, como agrotóxicos, com medo dele se suicidar.

Outra vítima, que atualmente tem 34 anos, relembra que quando era adolescente o padre Leandro “passava a mão” pelo corpo dele e fazia piadas que impróprias. Em 2013, uma mulher escreveu uma carta afirmando que foi procurada por uma mãe para pedir ajuda, porque seu filho de 14 anos tinha saído de casa para ser “namorado do padre Leandro”.

O Dom Vilson é acusado de ser cúmplice, já que afirmam que ele sabia da situação e acobertava o colega de profissão, mas ele nega. “O bispo de Limeira jamais pactuou ou pactuaria com qualquer ato que confronta as leis que regem a Igreja”, disse o advogado da Dioces de Limeira, Virgílio Ribeiro, à Folha.