Reencarnação?! Criança conta detalhes de como teria morrido durante 11 de setembro e pais teorizam

Cade começou a falar sobre o assunto aos 3 anos, e ao decorrer dos anos foi ficando obcecado com aviões

Resumo da Notícia

  • Cade afirmou ter morrido ao cair de um prédio em Nova York
  • Ele desenvolveu um medo de edifícios altos
  • Depois de alguns anos, não falou mais sobre o assunto

Neste último sábado, 11 de setembro, completou 20 anos do atentado terrorista no World Trade Center, nas Torres Gêmeas. E continuando nesse ambiente, trouxemos uma história no mínimo curiosa. Cade é um garoto nascido em Land O´Lakes, Flórida, nos Estados Unidos, ele veio ao mundo em 28 de dezembro de 2004 e aos 3 anos de idade já falava de forma normal de como teria morrido na vida passada.

-Publicidade-
Desenho feito por Cade quando pequeno (Foto: Reprodução / Instagram)

Uma noite, Cade acordou gritando muito, afirmando que trabalhava em um alto prédio e que via a Estátua da Liberdade do escritório. Ele então disse à mãe que sonhou que estava caindo com um prédio, e que essa era a forma que ele morreu. Nessa época, os sonhos eram intensos e repleto de detalhes.

O pai dele, Rick, afirmou que nunca haviam falado absolutamente nada sobre o World Trade Center ou sobre as Torres Gêmeas, ou até mesmo o garoto tinha ido à cidade de Nova York. Achando que o filho só tinha uma imaginação fértil, os pais deixaram passar e esqueceram a história, até que Cade se tornou obcecado por aviões.  Uma das maiores dificuldades do menino era ir ao centro da cidade que mora e descer do carro, já que ficava apavorado com edifícios altos.

Muitos detalhes

Depois de sonhar novamente, Cade conversou com a mãe e disse que lembra vividamente de estar em um prédio, ele ser atingido por algo, explodindo e depois caindo no chão junto com o menino. As histórias eram tão detalhadas que ele citou a parte de depois de cair, ficar machucado em meio aos escombros.

A família ficou chocada quando ouviu de uma criança que ele poderia ouvir os órgãos chacoalhando durante a queda. Toda essa história fez com que a família de Cade ficasse muito abalada, e hoje eles tem total certeza de que o menino foi uma das vítimas do triste e histórico atentado nas Torres Gêmeas.