Criança

Relato de mãe: “Minha filha quebrou o braço e só percebemos uma semana depois”

Susannah Hardy decidiu alertar outros pais após levar um susto com a filha

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Uma mãe compartilhou o relato após perceber depois de um tempo que o braço da filha estava quebrado (Foto: Shutterstock)

Susannah Hardy compartilhou seu relato após passar por um momento traumático com a filha. A menina estava brincando no jardim da casa com a irmã e caiu na grama. Após a mãe perguntar se estava machucada, ela disse que estava apenas sentindo dor no braço, então os pais enfaixaram e, no dia seguinte, ela foi para a escola e passou o dia sem reclamar de dores.

Uma semana depois, a menina disse para os pais que ainda estava sentindo dores, então eles decidiram levá-la ao médico para fazer um raio-x. A enfermeira disse que o braço dela estava quebrado e que a família deveria ir direto para o pronto-socorro.

Susannah conta que, por sorte, a fratura era muito pequena e já tinha começado a melhorar, então a filha não precisaria ficar com o gesso por muito tempo. “Felizmente, ela não teve fraturas muito grandes, mas depois dessa experiência eu prometi para mim mesma que não vou esperar mais nenhum minuto para levar meus filhos para o hospital“, ela conta.

Quando ir para o pronto-socorro
Não tem jeito: criança brinca, apronta e acaba se machucando e isso é normal. Porém, você precisa ter em mente que, quando algum incidente acontecer, é importante estar preparada para socorrê-lo. Saber o que fazer quando algum acidente acontecer e prestar atenção nos sinais também é essencial.

Caso aconteça na sua casa algo parecido com o caso de Susannah, você deve prosseguir dessa forma: faça uma compressa de gelo em volta do machucado durante dois dias, de preferência de hora em hora para evitar uma inflamação. Caso seu filho não consiga mexer o braço, leve-o ao hospital, pois pode ser sinal de algum deslocamento, ligamento rompido ou osso quebrado.

Leia também:

Mãe desabafa sobre síndrome rara da filha: “Tinha algo de errado com os olhos dela”

Mãe desabafa sobre filha que nasceu com anencefalia e o relato é emocionante

Relato de mãe: “Parei de sentir pena de mim quando eu digo que minha filha é autista”