Criança

Relato de mãe: “Por que eu digo aos meus filhos que não quero que eles sejam perfeitos”

Com dois filhos de 6 e 4 anos, Angela contou que isso pode afetar no futuro deles

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

“Eu não quero que meus filhos sejam perfeitos” (Foto: Getty Images)

Uma mãe fez um relato explicando porque não espera a perfeição dos filhos. Mãe de dois meninos de 4 e 6 anos, Angela explicou que eles têm personalidades totalmente diferentes. O mais velho é um seguidor de regras, gosta de agradar os adultos e odeia desapontar qualquer um.

“Isso tudo soa muito bem, mas posso ver que tentar ter sucesso em tudo e o tempo todo fica estressante para ele”, ela explica. “Quando vejo meu filho falando sobre a rapidez com que ele fez o teste de matemática e o quanto se deu bem, eu o elogio, mas acredito que é igualmente importante dizer a ele que nunca espero a perfeição”.

Angela diz que precisa relembrar isso para o menino todos os dias, à medida em que ele cresce: “Logo mais ele será um adolescente e algumas faculdades querem que os alunos sejam perfeitos”. Ela dava aulas em uma escola preparatória para a faculdade e via muitos alunos nervosos e com problemas de ansiedade. “Eles sentiam tanta pressão de todos ao redor que o pensamento de aproveitar a vida não estava nem passando pelo radar deles. Eles não queriam decepcionar uma pessoa, mas acabavam se decepcionando”, ela relembra.

Por isso, a mãe espalha essa mensagem para os filhos todos os dias. “Eu digo: respire. Notas perfeitas não definem o seu valor. Entrar em uma boa faculdade não define o seu valor”, diz Angela. “Claro, quero que eles façam o melhor possível, mas me recuso a comprometer a saúde mental e física deles por causa da perfeição. Isso é ridículo. Na minha casa, nunca exigirei a perfeição e sim o melhor que eles possam fazer, serem humildes e gentis. Mas nunca perfeitos”, conclui em entrevista ao PopSugar.

Leia também:

Estudo comprova (de uma vez por todas) que você não precisa ser a mãe perfeita

Diálogo entre pais e filhos: com um piscar nós sabemos, nós queremos e ambicionamos a felicidade um do outro

Relato de mãe: “E se eu estragar este ser humano perfeito?”