Criança

Sempre alerta: menino de 5 meses morre após circuncisão feita em casa 

Ele chegou vivo ao hospital, mas não resistiu

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Menino de cinco meses morreu depois de circuncisão em casa (Foto: Getty Images)

Um menino de apenas cinco meses morreu na Itália, depois ter passado por uma circuncisão em casa. Segundo o jornal britânico, Daily Mail, o garoto chegou a ser levado para o hospital, mas mesmo assim ele não resistiu. Ele sofreu uma parada cardíaca.

O caso aconteceu na última sexta feira, 22, e ainda está sendo investigado pela polícia, o menino não poderá ser enterrado pela família, a equipe de investigação ainda deseja fazer uma autópsia no corpo da criança.

Os pais do menino que vivem na cidade de Bolonha, são de origem africana. Eles moravam em Gana e são muçulmanos e a circuncisão é uma tradição religiosa. E foi feita pelos próprios pais e de acordo com uma ONG italiana, a Amsi, cerca de cinco mil circuncisões são realizadas por ano na Itália e mais de um terço delas são ilegais.

O casal está sendo indiciado pela morte do menino, uma outra morte envolvendo circuncisões ilegais aconteceu alguns meses atrás em roma, um menino de dois anos morreu por hemorragia. Os médicos britânicos insistem, que por mais que seja um procedimento religioso, que ele precisa ser feito em hospitais.

Leia também: 

Sociedade Canadense de Pediatria alerta: riscos da circuncisão não compensam 

Fimose: dá para tratar sem cirurgia sim!

No consultório com os meninos