Criança

Seu filho está sempre com fome? Nós temos as respostas!

É bom ficar sempre de olho

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Por que seu filho está sempre com fome? (Foto: Shutterstock)

A rotina com crianças, às vezes, pode se resumir em fazer um lanche, comer e limpar tudo. É comum que elas façam três refeições e um ou dois lanches por dia. Mas para algumas famílias, os pedidos de comida nunca terminam. Uma das preocupações mais comuns entre os pais é que os filhos estão sempre com fome, não importa o que eles façam.

Se você percebeu uma grande mudança no apetite do seu filho, vale a pena conversar com o pediatra para ter certeza de que está tudo bem. Mas podem existir algumas razões para ele estar sempre com fome.

Os lanches não estão sendo suficientes
Comidas como salgadinhos, barras de cereais e bolachas recheadas podem fornecer calorias, mas não são suficientes para encher o estômago. Isso significa que, mesmo depois de comê-los, seu filho ainda pode estar com fome.

Certifique-se que os alimentos das refeições incluam ingredientes como grãos ricos em fibras, proteínas, frutas e vegetais. O mesmo vale para os lanches. Não tem problema em dar bolachas ou salgadinhos às vezes, mas a maioria deve ser feita de ingredientes mais satisfatórios.

Ele está tendo um “surto de crescimento”
O apetite das crianças muda de ano para a ano e dia após dia. Quando elas estão em “surto de crescimento”, há um aumento repentino no apetite, que é difícil de satisfazer, mas é totalmente normal. Procure dar alimentos nutritivos, como sanduíches com manteiga, requeijão e frios, frutas como o abacate e grãos integrais, para que as crianças procurem alimentos nutritivos em vez de buscar batatas fritas ou doces.

Ele está comendo porque está entediado
Isso também pode acontecer caso ele esteja preocupado, nervoso ou ansioso. Descontar o emocional na comida não é algo que apenas adultos fazem. Tente conversar com seu filho sobre o apetite dele e a importância de entender o emocional. Isso pode ser útil para ajudar seu filho a avaliar a fome. Se ele não estiver com fome, você pode conversar sobre os sentimentos dele e tentar ajudá-lo.

Refeições com horários programados e lanches também podem ajudar bastante. “Fazer refeições regulares e estruturadas com horário pode fazer com que a criança aprenda a parar de comer por razões não alimentares”, afirma Maryann Jacobsen, autora do livro “How To Raise a Mindful Eater”.

Ele está com sede
É normal que as crianças confundam a sede com a fome. Elas ficam tão distraídas nas brincadeiras que esquecem de se hidratarem, principalmente quando o clima está quente. Procure dar uma garrafa de água ou um copo especial para seu filho, que possa ser enchido todos os dias.

Leia também:

Seu filho tem fome oculta? Entenda o que é e como evitar

Grávidas sentem mais fome mesmo ou é questão de ansiedade?

Ana Cardoso e Marcos Piangers falam sobre como as filhas lidam com a comida