Criança

Seu filho recusa algum alimento? Saiba se ele tem fobia alimentar infantil

Comportamento é muito comum em crianças

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Little girl toddler picking her food, making faces. Childhood problems, picky eater, eating habits, terrible two concept.

(Foto: iStock)

Quem nunca se deparou com uma criança que se recusava a comer algum alimento? Esse comportamento é muito comum e deve ser levado sério já que, a partir dos seis meses, momento em que acontece a introdução alimentar, é necessário que os pais comecem a avaliar a relação que a criança tem com a comida para que ela não desenvolva nenhuma fobia alimentar.

Mas o que seria uma fobia alimentar? A fobia alimentar é o medo de experimentar alimentos e a neofobia é o medo de experimentar alimentos novos e tem sido um assunto que assombra a vida dos pais.

De acordo com a nutricionista comportamental Ariane Bomgosto, a fobia pode ser desencadeada por um evento traumático, mas não é algo obrigatório. “O medo de experimentar alimentos pode vir de: experiências com os alimentos em que a criança associa o alimento à sensação ruim que teve, como pais que obrigam a criança a comer tudo que está no prato ainda que ela já esteja satisfeita, casas em que o ambiente da hora de comer é estressante, com brigas e discussões neste momento” explica a nutri.

Esse medo também pode ser desenvolvido pelas primeiras experiências que a criança teve com nutrição, como por exemplo, mães que possuem dificuldade de amamentar e os filhos acabam ficando “com fome” nos primeiros dias ou filhos que passam por um desmame traumático porque as mães precisam, por algum motivo, interromper a amamentação bruscamente.