Telhado cai durante festa de aniversário e criança de 2 anos não resiste

O acidente ocorreu no último sábado, dia 11 de junho, em Santa Catarina. A Polícia Federal confirma que havia cerca de 50 pessoas no local na hora da queda e por volta de 14 pessoas ficaram feridas

Resumo da Notícia

  • O telhado de uma festa de aniversário caiu em Santa Catarina
  • O acidente ocorreu no último sábado, dia 11 de junho
  • Uma menina de 2 anos não resistiu aos ferimentos

No último sábado, dia 11 de junho, uma criança morreu e 14 pessoas ficaram feridas depois da queda do telhado durante uma festa de aniversário no município de Guatambu, localizado no oeste do estado de Santa Catarina.

-Publicidade-
Menina de 2 anos não resistiu aos ferimentos do acidente
Menina de 2 anos não resiste após queda de telhado em festa de aniversário (Foto: Reprodução/ NSC TV)

Ao G1, a Polícia Civil afirmou que havia por volta de 50 pessoas na festa na hora em que o acidente aconteceu. Além disso, cerca de 14 pessoas receberam atendimento médico em hospitais localizados na região e apenas uma continuou internada na UTI até a manhã do dia seguinte. 

A menina de 2 anos, Isabela Valentina Cortez Ilovera, foi a única vítima fatal, e chegou a ser levada até um hospital, mas acabou não resistindo aos ferimentos causados pelo impacto da queda. Segundo o delegado Eder Matte, o acidente ocorreu à noite, no entorno de 19h. Suspeitam que a queda foi causada por um objeto que foi amarrado nas sustentações do telhado do local, e consequentemente, o forro teria cedido.

O acidente em Guatambu resultou em 14 feridos e 1 criança não resistiu
O acidente em Guatambu resultou em 14 feridos e 1 criança não resistiu (Foto: Reprodução/ Polícia Civil)

A empresa responsável pelo lugar em que a festa acontecia, Brasil Foods S.A, lançou uma nota em que lamenta o ocorrido: “A Companhia investiga as causas do acidente e colabora com os órgãos oficiais para esclarecimento do caso”. Como a maior parte dos presentes eram imigrantes, o Grupo de Apoio ao Imigrante e Refugiado do Oeste também se manifestou: “De moro muito especial, expressar profundos sentimentos aos pais da criança que perdeu sua vida. Aos demais migrantes feridos, desejamos uma pronta recuperação”.