Criança

Tem um filho arteiro em casa? Saiba como mantê-lo seguro

Tentar não ficar brava é importante!

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Com aproximadamente de 3 a 4 anos, seu filho vai começar a querer se aventurar e explorar tudo que está em volta dele. Isso significa que um simples passeio no parque pode te deixar com os cabelos em pé. Mas calma, antes de se desesperar, a gente já separou algumas dicas para te ajudar a lidar com essa fase supercomplicada:

Lidere o caminho 

Em vez de proteger seu aventureiro de todos os perigos possíveis, ajude-o a aprender como deve brincar em situações com potencial para acidentes. Se seu filho está tentando escalar uma árvore no parque, por exemplo, explique o que ele deve fazer para conseguir.

Quando ele estiver andando de bicicleta, ensine como parar em calçadas e esquinas e olhar para os dois lados para garantir que nenhum carro esteja chegando. Se ele quiser fazer carinho em um cachorro, explique que a maneira mais segura de abordá-lo é apenas se a cauda estiver abanando e se ele tiver permissão do proprietário primeiro. Ou seja, em todas as situações, explique o caminho que ele precisa tomar para a sua própria segurança.

Fique perto 

Mesmo que você não queira “invadir a privacidade” do seu filho, sempre mantenha-o por perto. Se você está em uma piscina, por exemplo, precisa supervisionar constantemente. Se ele quiser ir naquelas barras de macaco de um parque, esteja lá para pegá-lo quando ele cair. Mesmo quando ele está andando na calçada ou você está em uma loja, diga a ele para ficar onde vocês podem se ver. Quando ele estiver mais próximo dos 5 anos, você poderá deixá-lo mais livre em certas situações.

Explique as regras 

Por exemplo, diga a ele que ele pode pular na cama elástica, mas não em uma gangorra. Envolva-o no processo quando possível. Olhe em volta e veja se os balanços ou escorregadores parecem lugares seguros e divertidos para se jogar. Com certas