Criança

Três dicas para ensinar seu filho a exercitar a paciência

Aprender em casa para exercer lá fora

Ana Beatriz Alves

Ana Beatriz Alves ,Filha de Maria de Fátima

Colocarselo1

(Foto: iStock)

Ter paciência com as coisas e pessoas é difícil, fato. E tem dias que é ainda mais impossível manter a calma, mas com pequenas mudanças no dia a dia, é possível tonar isso mais fácil.

Segundo a Taís e a Roberta Bento, nossas colunistas, educadoras e fundadoras do SOS Fundação, a paciência que seu filho desenvolve dentro de casa o tornará um aluno mais atento na escola. “Um amigo que respeita as diferenças e um ser humano capaz de se dar o tempo necessário refletir sobre o que vê, ouve e lê.”

Além disso, a criança que desenvolve a habilidade da paciência consegue entender que não há soluções para os problemas reais do dia a dia que sejam alcançadas com um clique, como acontece no mundo digital. Por isso, nossas duas colunistas deram três dicas de como ensinar o seu filho a ser mais paciente.

Seja o modelo: não dá para esperar que uma criança ou adolescente seja paciente se os pais não exercem essa virtude no dia a dia dentro de casa e na vida social.

Ajuste a rotina para envolver seu filho em atividades que beneficiam a todos da família: ajudar a fazer as compras no supermercado, passar na farmácia ou na lavanderia no caminho de volta para casa junto com os filhos, esperar até o aniversário ou Natal para ganhar aquele brinquedo desejado.

Na hora das refeições: estabelecer um pacto: ninguém começa a comer até que todos estejam servidos. Uma maneira bem simples de exercitar a paciência e que traz enormes benefícios extras.

Leia também:

Você respondeu: quantas vezes por dia perde a paciência com o filho 

Paciência para as férias

Até quantos anos fazer xixi na cama é normal? 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não