Verão blindado: a importância do uso de protetor solar e dicas para fazer isso da melhor forma!

Quem tem filho pequeno sabe que passar o protetor solar pode ser uma verdadeira missão impossível – mas que é muito necessária, já que além de prevenir queimaduras, ele também evita danos à pele no longo prazo

(Foto: Shutterstock)

Se você tem filhos, provavelmente só de ouvir sobre proteção solar já te dá arrepios! Passar o protetor pode parecer um desafio daqueles, especialmente se ele for cremoso e grosso. Mas proteger a pele das crianças é uma das coisas mais importantes que podemos fazer. O risco de câncer de pele começa cedo, tanto é que pelo menos cinco queimaduras solares intensas antes dos 20 anos aumentam o risco de melanoma em 80%, de acordo com um estudo da Universidade Brown. Ou seja, todas as famílias precisam tomar medidas para evitar os raios UV prejudiciais.

-Publicidade-

E o fator de proteção solar (geralmente escrito como FPS nas embalagens) também é muito importante – é ele que indica o quanto de radiação UVB pode ser filtrada antes de chegar à pele. Segundo informações da Sundown, quando o FPS é 30, cerca de 97% da radiação é filtrada, FPS 50, filtra 97% da radiação, e FPS 100, cerca de 99%. E para te ajudar, separamos algumas dicas geniais para que você consiga passar o protetor solar no seu filho de maneira pacífica, independente da idade dele, para que vocês possam curtir o verão despreocupados!

  • 6 TRUQUES PARA VENCER A LUTA DE PASSAR O PROTETOR SOLAR NO SEU FILHO

Dê a ele uma escolha
Assim como você deixa seu filho escolher qual lanche ele quer entre duas opções saudáveis, dê a ele a escolha de dois tipos de protetores solares de marcas em que você confia.

-Publicidade-

Encontre o produto certo
Se o seu filho tem autismo ou sensibilidade sensorial, você pode correr o risco de passar apenas em um braço e ele querer fazer uma pausa, por exemplo. Então opte por protetores sem cheiro.

Faça uma espécie de “trenzinho” do protetor solar
Todo mundo se alinha, faz uma fila – irmãos, primos, amigos, pais – e cada um passa protetor em quem estiver na frente. Depois disso, algum adulto apenas revisa os pontos que a criança provavelmente deixou de passar o protetor.

Incentive caretas na hora da proteção
Peça ao seu filho que faça uma careta de peixe, com bico. Geralmente isso diverte a criança tempo suficiente para que você possa aplicar e espalhar o protetor solar.

Tenha abordagem artística
Compre um pincel barato numa loja de ferramentas e deixe as crianças se ‘pintarem’ com o protetor solar. Eles vão se proteger e se divertir muito!

Sincronize com a hora do lanche
Seu filho pede um lanche a cada duas horas? Então você tem sorte! Escolha pausas naturais como as dos lanches e almoço, por exemplo, para reaplicar o protetor solar. Ao fazer isso, você não está tirando a criança da diversão e também dá tempo para o filtro solar ser absorvido.

  • SAIBA DIFERENCIAR

A diferença entre os raios UVA E UVB está, principalmente, no comprimento da onda e nível energético.

UVB: É a grande responsável pelas queimaduras de pele, aquelas vermelhas e doloridas depois de um dia de sol. A longo prazo, é responsável pelo fotoenvelhecimento da pele e pelo aumento das chances de se desenvolver câncer de pele.

UVA
Maior comprimento de onda e menor nível energético, esses raios chegam a camadas mais profundas da pele. São responsáveis pelo processo de bronzeamento, que também é uma forma de defesa do corpo, e promovem a degradação de fibras de colágeno e elastina, resultando em flacidez e contribuindo para o processo de envelhecimento precoce da pele.

  • LOOK BÁSICO PARA OS DIAS DE PRAIA

Roupas com proteção solar
“Roupas de proteção podem ser ainda mais eficazes do que protetor solar”, diz Samantha Conrad, dermatologista em Northwestern Memorial Hospital, em Chicago. “Se você conhecer um dermatologista durante as suas férias de família, ele provavelmente estará debaixo de um guarda-sol, vestindo blusa de mangas compridas e chapéu. Siga esse exemplo e você terá que passar protetor solar apenas na pele exposta do seu filho”, conta.

Chapéus para usar na água
Eles podem diminuir seu risco de câncer de pele ao longo da vida em 10%, diz Darrell S. Rigel, professor clínico de dermatologia na NYU Langone Saúde, na cidade de Nova York.

Óculos de sol

Procure por lentes espelhadas com um adesivo indicando “proteção UVA / UVB”. Se seu filho for muito pequeno ou se você tem medo dele quebrar o acessório, saiba que existem algumas armações infantis feitas de borracha flexível e lentes resistentes a impactos e quebra.

  • MANEIRAS INTELIGENTES DE FICAR NA SOMBRA

Na praia
Tenha pelo menos um guarda-sol e ajuste sua direção durante o dia para manter todo mundo na sombra. Se a família for grande, opte por mais de um guarda-sol ou aquelas tendas maiores.

No carro
Os vidros normalmente protegem contra os raios UVB, mas os raios UVA prejudiciais passam direto pelas janelas. Películas transparentes para janelas podem filtrar 99% dos raios UVA. Além disso, coloque protetor solar nas crianças se a viagem de carro for muito longa ou cubra-as com um cobertor leve.

No carrinho
Se o seu filho ainda anda de carrinho, leve sempre um cobertor para colocar por cima e criar uma sombra no seu pequeno.

Leia também:

Protetor solar antes dos 6 meses, nem pensar! Saiba como proteger seu filho

Sempre alerta: protetor solar nas janelas

Site personaliza embalagem de protetor solar com a foto do seu filho

-Publicidade-